Saúde

Profissionais da Educação que apresentarem sintomas de Covid-19 serão encaminhados ao Laboratório Municipal de Criciúma

Testes nos trabalhadores continuam. Aqueles que apresentarem sintomas precisarão fazer o teste de antígeno (cotonete)

Divulgação

Os profissionais da Educação da rede pública e privada já começaram a realizar os testes rápidos em Criciúma. A Secretaria Municipal de Saúde está encaminhando os trabalhadores que apresentarem sintomas de Covid-19 ao Laboratório Municipal para fazer o teste de antígeno (cotonete). Na última sexta-feira (5), 181 profissionais já passaram pela testagem.

“A equipe que está nas escolas vai pegar o nome e o telefone para estar agendando. Até o momento, ninguém apresentou sintomas. Tiveram exames com IgG (já entrou em contato com vírus no passado) e IgM (está ou esteve recentemente infectado), mas todos estão liberados para o trabalho”, ressaltou a coordenadora do Laboratório Municipal de Criciúma, Andréa Goulart de Oliveira.

A Secretaria Municipal de Educação está recebendo a quantidade de trabalhadores por unidade privada para incluir na logística. O objetivo é para avaliar o grau de contato com o coronavírus e o nível de imunidade entre os professores, equipe diretiva e profissionais das unidades. As duas equipes da Saúde estão passando nas escolas para realizar as coletas. A expectativa é coletar 150 amostras de manhã e 150 no período da tarde.

Notícias Relacionadas

Corpo de Bombeiros realizará Curso Básico de Atendimento a Emergências on-line

Inscrições para o curso, que é gratuito, estarão abertas a partir de 1º de junho.

Estão abertas as inscrições para rainha e princesas da Cocalfest

Devido à pandemia, a escolha da corte acontecerá de forma on-line no dia 7 de julho; inscrições estarão abertas até o dia 2 de junho

Forquilhinha inicia vacinação de pessoas com comorbidades contra a Covid-19

O agendamento é feito pelas agentes de saúde com dia e a hora marcada para receber o imunizante

HSJosé recebe a doação de 80 toucas de lã

Doação realizada por moradoras de Lauro Müller irá beneficiar os pacientes oncológicos da instituição de Criciúma