Trânsito

Profissionais que atuam no setor de transporte contam com a Clinivida para realização do exame toxicológico

Exame é obrigatório a todo o condutor que pretende obter ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D ou E.

Profissionais que atuam no setor de transporte contam com a Clinivida para realização do exame toxicológico

Foto: Divulgação

Os motoristas ônibus, os caminhoneiros e entre outros profissionais que atuam no setor de transporte na região contam com a praticidade e agilidade da Clinivida para a realização do exame toxicológico. Ele é obrigatório a todo o condutor que pretende obter ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D ou E.

Conforme o que determina a Lei Federal nº 14.071/20, a recorrência obrigatória do exame toxicológico é a cada 2 anos e 6 meses (30 meses) para motoristas com idade inferior a 70 anos. Acima desta idade, o prazo é de 3 anos (36 meses). Assim que o exame fica pronto, o resultado é inserido imediatamente no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (RENACH).

O exame detecta substâncias psicoativas encontradas em drogas recreacionais (ilícitas), tais como maconha e derivados; cocaína e derivados (crack, merla e outros); anfetaminas (rebites); metanfetaminas, MDMA e MDA (ecstasy). Além disso, é capaz de detectar inibidores de apetite. Entre eles, anfepramona, mazindol e femproporex.

Por fim, aponta analgésicos à base de opiáceos e substâncias derivadas: codeína; morfina; heroína; e entre outros. Nem todas as substâncias detectadas pelo exame toxicológico são ilícitas. Em caso de prescrição para tratamento, basta apresentar a receita médica no momento da coleta.

Sobre a Clinivida

A Clinivida busca constantemente a excelência no atendimento em especialidades médicas, exames laboratoriais e diagnósticos médicos por imagem. A empresa possibilita consultar com o médico, realizar os exames necessários e ter o diagnóstico e tratamento no mesmo dia e lugar.

Para isso, conta com uma equipe médica composta por 35 profissionais. Entre os exames, estão os laboratoriais e também o holter, Raio-X, ultrassom, mamografia, tomografia, espirometria, ecocardiograma, eletrocardiograma e monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA).

No que diz respeito aos benefícios oferecidos, há pacote diferenciados para empresas para realização de exames periódicos, com deslocamento da equipe com macas e aparelhos portáveis para realização de exames de espirometria e eletrocardiograma. O resultado é disponibilizado no dia seguinte.

A empresa conta também com o Kit Check-up e realiza consultas emergenciais e de urgência com médico no período das 18h às 22h, de segunda a sexta-feira, tendo técnicos de enfermagem e farmacêuticos à disposição.

Endereço e contato

A Clinivida atende na Rua Afonso Zanini, n° 501, no Edifício Monalissa, bairro Barro Vermelho, em Orleans, das 7h às 12h e das 13h às 22h. Na Filial 1, anexa à Fundação Hospitalar Santa Otília, também em Orleans, atende das 7h às 12h e das 13h às 18h. Os contatos podem ser realizados pelos telefones (48) 3466-4513, (48) 3466-1673, (48) 3466-0671 ou (48) 9 9108-5418 (WhatsApp). Fique por dentro de todas as novidades através do @clinividaorleans no Facebook e Instagram.

Notícias Relacionadas

Motorista que passeava por Garopaba com CNH falsa é condenado a 3,6 anos de reclusão

O documento tinha a foto dele, mas o nome era de outra pessoa. Na delegacia, os policiais descobriram a verdadeira identidade do réu e constataram que havia contra ele um mandado de prisão em aberto, por roubo tentado.

PRF prende foragido do sistema penal do RS com CNH falsa em Tubarão, na BR-101

Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal de Criciúma.

Coronavírus em SC: Santa Catarina conquista a habilitação de 125 novos leitos de UTI junto ao Ministério da Saúde

As habilitações atendem a 13 unidades hospitalares

UTIs na Amurel: prefeitos solicitam leitos e Governo do Estado confirma habilitação

Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Ribeiro, estão garantidos dez leitos de UTI para a região.