Geral

Programa Terra Boa 2024 vai beneficiar 66 mil agricultores de SC

Governo do Estado vai disponibilizar R$111,12 milhões neste ano

Foto: Banco de Imagens

O Programa Terra Boa 2024, do Governo do Estado, vai disponibilizar R$111,12 milhões neste ano — 9% a mais do que em 2023 — para mais de 66 mil agricultores familiares de Santa Catarina. As novidades foram apresentadas pelo governador Jorginho Mello e o secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Valdir Colatto, durante evento em Pinhalzinho nesta quarta-feira (14).

Executado desde 1983, o Programa Terra Boa é considerado uma das iniciativas tradicionais do Governo do Estado. Para ter acesso, os agricultores devem entrar em contato com a unidade da Epagri do seu município.

Veja como serão aplicados os investimentos

170 mil sacas de semente de milho
400 mil toneladas de calcário
4 mil cotas do kit forrageiras
1.160 cotas do kit apicultura
2 mil cotas do solo saudável
13 mil abelhas rainhas selecionadas
Apoio ao cultivo de até 7,5 mil hectares de cereais de inverno a serem destinados para a fabricação de ração animal

Entenda como funciona cada modalidade

Sementes de Milho

O Programa apoia a aquisição de sementes de milho de alto valor genético, o que gera um rendimento maior por hectare cultivado e que representa mais de 70% das sementes retiradas pelos produtores.

Por meio do Programa, o agricultor pode retirar até cinco sacos de semente, devolvendo em equivalente de sacos de milho no próximo ano, com o produto da colheita. O tipo de semente e o nível tecnológico definem a proporção de troca. A Secretaria da Agricultura e Pecuária subsidia parte do custo das sementes, dependendo do tipo da semente.

Calcário

Este Programa funciona em duas modalidades:

Direto da mineradora: o agricultor recebe o calcário gratuitamente, responsabilizando-se somente pela retirada do produto na mineradora. Na maioria dos municípios, as prefeituras apoiam os agricultores no transporte até as propriedades rurais.

Via cooperativas: cada agricultor poderá retirar nas cooperativas até 30 toneladas de calcário, devolvendo no próximo ano o valor correspondente ao frete com o resultado da colheita.

Kit Forrageira

Cada cota, no valor de R$ 2.860,00, é formado por mais de 80 produtos, definidos a partir de um projeto elaborado por técnico da Epagri. O produtor pode pagar o investimento em duas parcelas anuais, sem juros. Caso opte em fazer o pagamento em parcela única, terá um desconto de 30%. Jovens rurais egressos de cursos do Projeto Ação Jovem terão direito a até sete cotas.

Kit Apicultura

O kit tem o valor de R$ 2,86 mil e o produtor terá dois anos de prazo para pagamento, com parcelas anuais e sem juros. Se realizar o pagamento em uma única parcela, terá um desconto de 30%.

O Terra Boa contempla, também, o fornecimento de abelhas rainhas, visando o melhoramento genético dos apiários, sem custo para o apicultor.

Kit Solo Saudável

O valor do kit é de R$ 2,86 mil e o produtor terá dois anos de prazo para pagamento, com parcelas anuais e sem juros, ou, caso o produtor optar em efetuar o pagamento em parcela única, terá um desconto de 30% sobre o valor total.

Cereais de Inverno

Este projeto tem por objetivo a ampliação da área cultivada plantada e o volume produzido de cereais de inverno em Santa Catarina, visando minimizar o déficit de grãos para produção de ração e atender a demanda das cadeias de proteína animal no Estado, além de aumentar a cobertura vegetal dos solos. Cada agricultor receberá R$ 385,00 por hectare efetivamente plantado, num limite de 10 hectares.

Notícias Relacionadas

Dólar fecha em R$ 5,27 com tensões no Brasil e no exterior

Bolsa cai pelo quinto dia seguido e atinge menor nível em cinco meses

Criciúma pode pegar um gigante na terceira fase da Copa do Brasil

Morro dos Cavalos, na BR-101, deve ser totalmente liberado em até 48 horas

O Gerente da concessionária responsável comentou que as adversidades climáticas tornaram extremamente desafiador o trabalho de desobstrução da rodovia

MEC qualifica a UniSatc como instituição comunitária de educação superior

Reconhecimento pela atuação filantrópica e social reafirma sua fundação, que teve o propósito de oferecer assistência social aos operários do carvão e suas famílias