Geral

Projeto Cidade Empreendedora é iniciado em Morro da Fumaça

Parceria entre Administração Municipal e Sebrae foi apresentada à equipe de governo na manhã desta segunda-feira

Divulgação

Com a intenção de implantar políticas de desenvolvimento através de soluções estruturais que resultam em uma gestão empreendedora, Morro da Fumaça fechou parceria com o Sebrae e começa a implantar o projeto “Cidade Empreendedora”.

A iniciativa, que contempla várias etapas ao longo de 15 meses, foi apresentada a secretários e diretores de departamentos na manhã desta segunda-feira, dia 2.

O vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo, salienta que, após o Governo Municipal organizar as áreas essenciais do município, passa a focar ainda mais no desenvolvimento econômico com a realização de uma série de ações. “Atender bem na saúde, na educação, na infraestrutura é a nossa obrigação, e nós queremos ir além. Queremos atender o empresário local, despertar a veia empreendedora dos fumacenses, buscar ser exemplo neste caminho. Diante disso, estamos trabalhando as áreas industriais públicas, fizemos a parceria com o Senai para capacitar mão de obra com cursos gratuitos e agora com o Sebrae queremos despertar ainda mais a veia empreendedora no município, orientar aqueles que querem abrir o seu negócio, posicionar a gestão pública de forma mais visível e de confiança para a comunidade”, enfatiza.

Entre os objetivos previstos no projeto “Cidade Empreendedora”, está a criação da Sala do Empreendedor, a educação empreendedora, o auxílio nas compras públicas, a desburocratização, entre tantos outros. “São ações que contribuíram com o desenvolvimento de Morro da Fumaça e as parcerias oportunizam isso. Já firmamos com o Senai, agora com o Sebrae, e com tantas outras entidades, setor produtivo e pessoas que querem o bem de nossa cidade. Estamos focando no desenvolvimento econômico de nossa cidade, mas não deixaremos de atuar em todas as outras frentes também”, fala o prefeito Noi Coral.

O analista de atendimento da Gerência Regional Sul, João Alexandre Guze, explica que o projeto “Cidade Empreendedora” é uma evolução de um trabalho realizado pelo Sebrae há mais de 20 anos e que está presente em mais de 70 cidades catarinenses. “Sabemos das dificuldades que o pequeno empresário passa no país, mas a microempresa é uma grande ferramenta de desenvolvimento econômico. O que o Cidade Empreendedora faz é buscar uma série de soluções e disponibilizar ao município, subsidiando um pouco deste trabalho que é feito a quatro mãos”, relata Guze, acrescentando que profissionais da entidade atuarão na cidade. “São pessoas com conhecimentos específicos e com metodologia para contribuir, ajudando a melhorar o ambiente de negócios favorecendo o surgimento de novas empresas e contribuindo com os empresários já instalados”, finaliza.

Notícias Relacionadas

Educação se manifesta após compra de máscaras com suspeita de irregularidade

Fiesc estuda soluções para alto preço da energia elétrica

Nesta quinta-feira (16), a Câmara de Energia da Federação reuniu-se para discutir alternativas.

Vidro traseiro do carro é quebrado com lajota e carteira é furtada em Orleans

Posteriormente, a carteira e os documentos foram encontrados jogados na beira da Estrada Geral Rio Novo.

Contato Internet Contrata em Tubarão