Geral

Projeto Criciúma Limpa inicia por praças Nereu Ramos e Afonso Back

Lançado oficialmente nesta segunda-feira (19), o projeto prevê a limpeza e manutenção de espaços públicos e conscientização da população para ampliar os cuidados em casas e calçadas

Divulgação

A praça Nereu Ramos, no centro da cidade, e a praça Afonso Back, no bairro Brasília, foram os primeiros locais a receber o Projeto Criciúma Limpa, lançado oficialmente nesta segunda-feira (19). De iniciativa do Governo Municipal, o projeto tem o objetivo de manter limpos espaços públicos, além de incentivar a população para que também amplie os cuidados em residências e comércio.

“O que estamos lançando oficialmente não é apenas um programa de limpeza pública, mas de conscientização do cidadão para também fazer sua parte”, destacou o prefeito Clésio Salvaro, acrescentando que alguns dos trabalhadores são da casa de passagem. “Sempre teremos emprego para quem quer trabalhar. Para os que não querem, Criciúma não é a cidade ideal”, concluiu o prefeito.

Para a execução dos serviços públicos o Município contratou, por meio de licitação, um consórcio de empresas que irá fazer a manutenção permanente em mais de 70 praças, 11 escadarias, parques, grutas, banheiros públicos e mais de 100 das principais vias de Criciúma. O cronograma prevê limpeza diária nestes espaços, com roçada, capina, poda de árvores, varrição manual e mecânica, limpeza de bocas de lobo, pintura de meios-fios, e destinação correta dos resíduos coletados.

“Este serviço será permanente e vai atuar em diversas frentes de trabalho em todas as regiões da cidade”, afirmou o presidente do Funsab, Luiz Juventino Selva. O projeto Criciúma Limpa já gerou mais de 100 novos postos de trabalho.

Notícias Relacionadas

Unidades de saúde de Cocal do Sul atenderão em horário especial aos sábados

Ação inicia neste sábado (13) e se estende até o dia 3 de setembro

VÍDEO: Veja momento em que placa de atacadista despenca e quase atinge carro

Moradores registraram o momento em que toda estrutura vai ao chão com a força do vento

Crianças agora podem denunciar casos de violência por meio de aplicativo

A plataforma "Sabe - Conhecer, Aprender e Proteger" ainda explica os tipos de violência e o que fazer se a criança enfrentar determinadas situações

Ciclone em SC: Defesa Civil pede à população que evite sair de casa

Órgão informou que há registro de alagamentos, inundações, deslizamentos, enxurradas, quedas de postes, placas e árvores e queda de energia