Geral

Projeto de Lei é aprovado e Fonplata II deve garantir investimentos de US$ 25 milhões de dólares para Criciúma

Recursos serão investidos na segunda etapa do projeto de Mobilidade Urbana. Previsão do Município é que até o segundo semestre de 2021 o contrato seja assinado com o fundo

Divulgação

O Governo de Criciúma recebeu autorização da Câmara de Vereadores para contratar operação de crédito internacional com o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata – FONPLATA. Com a liberação do legislativo e Carta Consulta aprovada pela Comissão de Financiamentos Externos – Cofiex, do Ministério da Economia, o próximo passo é a missão técnica oficial do órgão, juntamente com a Unidade de Gerenciamento de Projetos (UEP) do Município, para ver detalhes do que será executado e, em seguida, definir a negociação do contrato. A previsão é que a assinatura seja feita em meados de 2021. O valor é de US$ 25 milhões, com 20% de contrapartida do município.

“Já conseguimos a primeira etapa e as obras estão em andamento. Acreditamos que tudo ocorrerá dentro do cronograma e a partir do ano que vem possamos dar continuidade ao projeto de mobilidade urbana que Criciúma necessita e merece”, destacou o secretário-geral de Criciúma, Vagner Espíndola Rodrigues.

O projeto

O Projeto de Transporte e Mobilidade Urbana de Criciúma/SC – 2ª Etapa, tem por objetivo maior mobilidade, manejo adequado das águas pluviais e fluviais e a melhoria das condições socioambientais, aumentando seus padrões de qualidade de vida. Ainda de acordo com o projeto, as obras devem reduzir o deslocamento entre a origem e destino dos usuários de veículos; eliminar os pontos de estrangulamento e congestionamento do tráfego; estimular o uso de bicicletas como meio de transporte limpo; aumentar a infraestrutura e mobilidade urbana; criar novas rotas de acesso nos pontos críticos do município; criar espaços de práticas sustentáveis e eco pedagógicas; além de proporcionar espaços para a integração sociedade-natureza, visando o bem-estar da população e a conscientização ambiental.

Divulgação

De maneira geral serão executadas obras de implantação de ruas e pavimentações; implantação de parques; terceira etapa do Canal Auxiliar; macrodrenagens; continuação do Binário no bairro São Luiz, avenida Imigrantes Poloneses/Avenida Miguel Patrício de Souza – etapa 2; revitalização, alargamentos e adequações de ruas para reestruturação do trânsito e implantação de central semafórica; entre outras obras de mobilidade.

Notícias Relacionadas

Estudantes começam a fazer as provas do Enem em todo o Brasil

Muitos estudantes chegaram cedo, para evitar aglomerações.

Soldado Esmeraldino pode receber alta na próxima semana

Esmeraldino não teve mais manifestações de crises convulsivas ou outras alterações de gravidade.

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca

Laboratório quer garantir imunização antes da chegada de matéria prima.

HSJosé realiza primeira cirurgia de transplante de tecido ósseo pelo SUS

Instituição que é a primeira do Sul do Estado autorizada para realizar o procedimento, foi credenciada em dezembro para a realização de Transplantes de Tecido Músculo Esquelético.