Educação

Projeto entre Colégio Satc e Tecnnic propõe aprendizagem prática de alunos do técnico

Turma da 4ª fase do curso de Mecatrônica recebeu o desafio de solucionar um problema real da indústria durante todo o semestre

Divulgação

Com foco em uma aprendizagem técnica e prática, alunos da 4ª fase do curso técnico de Mecatrônica receberam o desafio de solucionarem um problema real da indústria, até o final do semestre. A iniciativa surgiu entre a parceria do Colégio Satc com a empresa Tecnnic, que contribuiu com a disciplina de Projetos e propôs uma aprendizagem prática com a turma. A fim de auxiliar no desenvolvimento da proposta, a instituição do ramo de eletrônica industrial, realizou workshops com os estudantes a partir conteúdos ligados à temática principal do projeto.

“Acreditando que toda parceria deve ser uma via de mão dupla, recebemos e aceitamos com alegria o convite dos professores para, a quatro mãos, ministramos a disciplina de projetos. A ideia foi construída através de proposição por parte nossa da Tecnnic, situações e problemáticas reais do mercado de trabalho, que deveriam ser solucionadas pelos grupos, seguindo alguns parâmetros pré-estabelecidos”, conta o diretor geral da Tecnnic, Ricardo Luiz do Santos.

Para o coordenador do curso técnico de Mecatrônica, Gilberto Fernandes, a partir da aplicação de projetos, os alunos conseguem utilizar ainda mais o conhecimento adquirido ao longo do curso. “A proposta desafia os estudantes que estão na reta final do curso, a revisarem muitos conteúdos já estudados e também a usarem a criatividade para o desenvolvimento de novas ideias e soluções”, pontua.

Projeto Inovador

Com foco em soluções para sistemas embarcados de veículos rodoviários, a problemática trazida pela empresa está ligada à um equipamento manual que detecta a inclinação de caminhões, para que o mesmo não tombe.

“Nosso objetivo é fazer um dispositivo que faça essa testagem de forma automática. Os riscos de tombamento de caminhões ocorrem em algumas vezes no momento de carga e descarga do mesmo e com a solução estudada pelos alunos, a calibração de todos os sensores instalados no veículo e o seu cálculo de angulação deverão ser feitos de forma automatizada e com uma precisão no resultado ainda maior”, explica o aluno, Vitor Garcia de Godói.

Cada grupo foi responsável pleno planejamento e construção dos equipamentos prototipados, com apoio de professores de diferentes disciplinas. “Esse foi um dos projetos em que eu mais aprendi, porque conseguimos utilizar todos os laboratórios do curso, a impressora 3D, a máquina corte a laser e tudo isso ajudou muito na minha autonomia. Cada projeto está muito único, as equipes conseguiram achar uma solução muito diferente da outra”, destaca Godói.

Para Santos que é ex-aluno da Satc, ações como essa auxiliam todos os lados envolvidos. “O aluno ganha contato com situações e problemáticas reais do mercado de trabalho, tendo vivência de uma aprendizagem prática. A Satc estreita sua relação com as empresas, entende melhor as necessidades dessas e qualifica ainda mais seus alunos. A Tecnnic contribui com o processo, ganhando mão de obra qualificada disponível e retribui em parte de toda a ajuda sempre disponibilizada pela Satc”, enfatiza.

Também a fim de incentivar os alunos, a Tecnnic disponibilizará bolsas parciais de graduação para a equipe que encontrar a melhor solução, além, de oportunizar vagas de estágio para os alunos que se destacarem ao longo das atividades.

Notícias Relacionadas

Embarcação vira com quatro pescadores no Balneário Rincão

Ocorrência foi atendida pelo Serviço Aeromédico (Saer)

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação