Geral

Projeto “Pequenas canções para tempos isolados”, do grupo Cirandela, foi contemplado pela Lei Aldir Blanc

Canções foram criadas por meio de poemas e pensamentos de pessoas em publicações nas redes sociais

Divulgação

O projeto “Pequenas canções para tempos isolados”, desenvolvido pelo grupo Cirandela, foi aprovado pela Lei Aldir Blanc n°14.017, em edital da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). É um projeto musical e audiovisual que contém poemas e pensamentos que as pessoas postavam em suas redes sociais, e que estavam conectadas com as redes do grupo Cirandela.

“No período de distanciamento social, quando iniciamos o projeto, foi a maneira que encontramos de nos manter conectados ao público”, explicou a fundadora e integrante do grupo Cirandela, Priscila Schaucoski. “A ideia deste projeto nasceu para conectar as pessoas de maneira poética por meio de pequenas canções, doses de poesia”, concluiu.

O projeto foi aprovado na categoria de três pessoas, contemplado no valor de R$ 15 mil, que foi utilizado na produção das músicas e videoclipes. Para Schaucoski, ser aprovado pela lei é uma vitória, “a Lei Aldir Blanc foi uma grande conquista para a classe artística, fruto do movimento e organização de muitos trabalhadores da cultura. Ser contemplados pela lei significa a sobrevivência do grupo e da sua atividade criativa, possibilitando a continuidade e manutenção dos trabalhos do grupo”.

Até o momento foram lançadas nove canções. Os videoclipes podem ser encontrados no canal do YouTube do Grupo Cirandela.

Notícias Relacionadas

Entenda por que está tão quente em Santa Catarina

Estado tem registrado temperaturas históricas neste início do ano, com temperaturas acima dos 40 ºC

Mulher leva mais de 20 facadas em São Ludgero; autor do crime fugiu

Um dos filhos da vítima afirmou que o homem chegou à residência a pé, entrou dentro da casa, esfaqueou a mãe e depois saiu correndo com a faca e, logo após, o possível autor fugiu do local com um veículo Fiat Uno de cor vermelha

Agricultura distribuirá BTI para combater o mosquito borrachudo

A entrega do produto aos proprietários e moradores das comunidades do interior de Braço do Norte acontece às 9 horas

Macrodrenagem do Rio Criciúma vai avançar no bairro Pio Correa

Projeto das intervenções foi apresentado à comunidade