Geral

Prorrogação: MEIs têm até o final de setembro para regularizar débitos

Receita estendeu o prazo, inicialmente previsto para esta terça-feira (31)

Divulgação

O período para os Microempreendedores Individuais (MEIs) regularizarem suas dívidas fiscais foi prorrogado pela Receita Federal. Agora, os empreendedores têm até o dia 30 de setembro para o pagamento, antes o prazo era até esta terça-feira (31). O não cumprimento pode resultar em uma série de consequências.

Além do encaminhamento para inscrição em Dívida Ativa, os microempreendedores podem perder a condição de MEIs, sendo excluídos do Simples Nacional, assim como a qualidade de segurados do INSS, deixando de usufruir dos benefícios previdenciários. Também podem ter seus CNPJs cancelados e dificuldade de obtenção de empréstimos ou financiamentos para sua empresa.

A regularização pode ser feita utilizando o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), ou realizando o parcelamento, no Portal Simples Nacional. Em Criciúma, também é possível contar com o apoio da Casa do Empreendedor.

“Nossa equipe estará prestando todo o suporte aos MEIs, tirando dúvidas, orientando e até auxiliando no processo de pagamento das dívidas”, informou o coordenador da Casa do Empreendedor de Criciúma, Agenor Brunel.

O setor funciona no Paço Municipal, das 8h às 17h. Para entrar em contato, basta ligar no telefone (48) 3431-0480 ou encaminhar uma mensagem para o WhatsApp (48) 9 9951-2785 ou pelo e-mail [email protected]

Notícias Relacionadas

Unibave presente na Sipat da empresa Plaszapel

Por meio do programa Geração Unibave, foram ofertadas palestras de “Educação Financeira” e “Dependência Química: álcool e outras drogas”.

Identificado o homem morto a facadas e com golpes de pedra na cabeça em Criciúma

A morte de Filipe da Silva Martinho está sob investigação da Polícia Civil.

Sucesso na primeira edição, Cicloturismo deve entrar no calendário de eventos de Morro da Fumaça

Aproximadamente 600 pessoas participaram do evento neste domingo

Projeto de Lei sobre Agricultura Familiar é apresentado para Epagri e agricultores em Criciúma

Objetivo do PL é ser uma política pública de Agroecologia e Produção Orgânica