Geral

Próspera ganhará nova Unidade Básica de Saúde

Prédio do antigo 24 horas já foi demolido para construção de novo espaço em Criciúma. As consultas agendadas na UBS, que já funciona na região, seguem normalmente

Divulgação

Para dar mais qualidade e humanizar o atendimento aos moradores do bairro Próspera, o Governo Municipal de Criciúma investirá mais de R$ 1,1 milhão para a construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS Porte II). A demolição do Pronto Atendimento 24 horas, local que será implantada a estrutura com área de 689,54 metros quadrados, iniciou na manhã desta segunda-feira (1).

A UBS Porte II é apta a abrigar duas Equipes de Saúde da Família (ESF). Conta com médico, enfermeiro, técnico em enfermagem, agente comunitário e dentista. Além disso, existirá o suporte de nutricionista, psicólogo e fisioterapeuta. “O objetivo maior é humanizar o atendimento, dar melhores condições aos profissionais e pacientes. Já era hora de o bairro Próspera ter uma unidade como essa, porque sabemos que abrange grande número de pessoas”, salientou secretário da Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande.

O prazo para a conclusão da obra é de 300 dias a partir da assinatura da ordem de serviço. Atualmente o Município possui uma unidade deste porte no bairro Wosocris, Distrito do Rio Maina, entregue em abril de 2020. As consultas agendadas da UBS que já funciona na região, seguem mantidas normalmente e a orientação pra novos agendamentos é que sejam feitos por meio do telefone (48) 3445-1102.

Notícias Relacionadas

Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras

Dados não indicam qualquer relação com eventos adversos graves

PRF recupera veículo roubado e que circulava clonado na BR 101 em Tubarão

O homem de 20 anos foi conduzido à Central de Polícia de Tubarão e vai responder por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.

Imunização em Tubarão depende da ordem de chegada das vacinas

Ônibus seguem transitando além da capacidade em Criciúma

Novo registro foi capturado na manhã de hoje, no Rio Maina.