Geral

Quatro empresas farão estudos para operar Aeroporto de Jaguaruna

As empresas interessadas foram conhecidas nesta terça-feira.

Divulgação

Inaugurado em 2014 pelo Governo do Estado de Santa Catarina, o Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, de Jaguaruna, está em processo de concessão à iniciativa privada.

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) e SCPAR iniciaram no mês de março o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) do aeroporto dentro do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI-SC). O prazo para as empresas interessadas realizarem o cadastro encerrou ontem, dia 5.

Nesta terça-feira, dia 6, quatro empresas tiveram seus documentos aprovados e farão estudos para a concessão: a empresa Infracea Controle de Espaço Aéreo Capacitação e Aeroportos LTDA, que administra atualmente o Aeroporto Diomício Freitas, de Forquilhinha, a Quanta Consultoria LTDA, a Vallya Advisors Assessoria Financeira LTDA e um grupo de cinco empresas formado pela Bacco Arquitetos Associados LTDA, pela CPEA Consultoria, Planejamento e Estudos Ambientais LTDA, Infraway Engenharia LTDA, Moysés e Pires Sociedade de Advogados e Terrafirma Consultoria Empresarial e de Projetos LTDA.

As propostas devem analisar os estudos de mercado, arquitetura e engenharia, ambientais, avaliação econômico-financeira, análise jurídica e fundamentação legal. Os estudos deverão adotar como premissa a assunção, pela concessionária, da gestão de toda a infraestrutura existente do Aeroporto de Jaguaruna, em nível de serviço adequado, desde o início do prazo da futura concessão até o seu término.

De acordo com o secretário da Infraestrutura e Mobilidade do Estado, Thiago Vieira, depois do cadastro, as empresas terão mais 120 dias para a apresentação de propostas, que serão avaliadas pelo Estado. “Feito isso, é realizada uma audiência pública, encaminhamos todo o processo ao Tribunal de Contas do Estado e depois produzimos os documentos da licitação para concessão”, explica o secretário.

Segundo o cronograma estipulado, o processo entrará em fase de consulta e audiência pública ainda esse ano, para que em junho de 2022 ocorra a licitação da concessão.

A previsão é que a assinatura do contrato com a empresa concessionária aconteça em agosto ou setembro de 2022. A secretaria de da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) ainda não definiu o tempo de concessão e contrapartida.

Atualmente o Aeroporto conta com a operação das companhias aéreas Latam e Azul Linhas Aéreas. São ofertados voos nas segundas, quartas, sextas-feiras e nos domingos, às 13h, de Jaguaruna ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), com rota inversa nos mesmos dias, às 15h40.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Fapesc aprova cinco projetos de pesquisa e destina R$ 500 mil a estudos sobre Covid-19 no estado

O edital buscava estudos que apontassem soluções para o combate à epidemia e seus efeitos na sociedade e na economia.

Mais de 100 animais marinhos são encontrados mortos na orla entre Laguna e Imbituba

Em apenas um dia foram encontrados um lobo marinho, 104 pinguins e nove aves oceânicas.

Empresário de Criciúma é preso ao trazer mercadorias da Itália sem pagar impostos

Parceria entre Satc e INMES amplia estudos na área de exaustão

Alunos do curso de Engenharia Mecânica serão contemplados com bolsas para novos estudos