Geral

R$ 1,9 milhão para controlar o esgoto em Laguna

Governador faz anúncio de recursos nesta quinta-feira em Laguna. Último veraneio foi marcado por vazamentos.

Divulgação

O último veraneio foi marcado por problemas envolvendo vazamentos de esgoto na praia do Mar Grosso, em Laguna. Para prevenir e amenizar futuras novas dificuldades, o governador Carlos Moisés vai anunciar um investimento de R$ 1,9 milhão. Em ato nesta quinta-feira, 19, será assinada a autorização, junto à Casan, para obras de implantação de um emissário terrestre de esgoto sanitário.

O entupimento do emissário submarino de esgoto da orla da praia foi a razão dos vazamentos do começo do ano. Uma força-tarefa teve que ser montada para providenciar o desentupimento, que se arrastou por vários dias.

A Casan chegou a utilizar-se de mergulhadores para providenciar o desbloqueio do emissor, para normalizar a vazão. Vários caminhões hidrojatos foram empregados em diversos pontos para remover os dejetos. Na época, a companhia informou que a balneabilidade da praia não chegou a ser prejudicada.

Uma das razões para os problemas era a ligação clandestina na rede pluvial, com necessidade de revisão dos ramais que serviam aos imóveis das redondezas. Proprietários foram notificados e houve uma campanha para correção das irregularidades. Ação da Fundação Lagunense do Meio Ambiente (Flama) fiscalizou a região ao longo do ano, para garantir a vazão do esgoto e o destino correto conforme as redes, cloacal ou pluvial.

O ato de liberação dos recursos será no Terminal Pesqueiro de Laguna às 15h desta quinta.

Com informações do site 4oito 

Notícias Relacionadas

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Turistas argentinos são assaltados dentro de hotel em Laguna

Segundo relatos, as vítimas foram abordadas por um homem armado com um revólver no segundo andar do edifício.

Samae de Orleans celebra 47 anos de fundação e inaugura obras de reforma da sede

Investimentos de quase meio milhão de reais visam oferecer um atendimento com mais qualidade aos consumidores e melhores condições de trabalho.

Cidades do Sul querem participação nos lucros da Casan

Os seis municípios, abastecidos pela barragem do Rio São Bento, podem formar um Consórcio para captação, tratamento e distribuição da água para região