Esporte

Rayssa, Pâmela & Cia na final do Street no STU National de Criciúma

Medalhista olímpica passou em primeiro nas semifinais deste sábado, com a atual bicampeã mundial em segundo. Domingo promete!

Divulgação

As melhores skatistas brasileiras da atualidade no Street deram um show neste sábado (15/01), na pista do Parque Municipal Prefeito Altair Guidi, em Criciúma (SC). Pelas semifinais da primeira etapa do STU National, que abre o calendário 2022, a medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Rayssa Leal, e a bicampeã mundial Pâmela Rosa avançaram para a grande final deste domingo (16/01) com as melhores notas.

Vale reforçar que a final feminina será transmitida com exclusividade na programação oficial do Verão Espetacular, com patrocínio do Dorflex, das 10h às 11h30, e a Super Final das 11h30 às 11h47. Assim como na semifinal, as skatistas têm direito a 2 voltas de 45 segundos, com a obrigatoriedade de apresentar quatro manobras, valendo a melhor volta e as duas melhores manobras. Já na Super Final, as quatro com maiores pontuações ganham a chance de fazer mais 1 volta e mais 2 manobras (volta substitui volta e manobra substitui manobra).

“Foi um dia em que estava bem relaxada, concentrada, e procurei só me divertir, fazer o que gosto. Fiz duas boas voltas, o que me deixou mais tranquila pra arriscar um pouco mais nas manobras. Vou procurar entrar da mesma maneira amanhã na final pra tentar conquistar outro título aqui”, disse Rayssa Leal, campeã da etapa 2021 de Criciúma do STU National.

Quem também se destacou nas semifinais e levou o público ao delírio com sua energia foi a paulista Gabi Mazetto, que ficou com a terceira melhor nota. Apaixonada pela ginástica olímpica, esporte que trocou pelo skate aos 12 anos, ela diz que se inspira na filha Liz, de apenas 5 meses, para fazer o que ama.

“Tenho que olhar pra foto dela antes de entrar na pista, não tem jeito. Fiquei muito feliz hoje por ter acertado minha primeira volta. Mas espero melhorar na final. Não imaginava ficar entre as três, só queria estar entre as oito que vão buscar o pódio”, disse. “Eu e a Pam (Pâmela Rosa) competimos juntas desde os 12 anos, e a gente vê meninas da nova geração, como Rayssa e Virgínia, aperfeiçoando manobras que fazíamos. E assim é o skate”, emendou Gabi.

Virgínia Fortes se garante apenas na última manobra

Terceira colocada na etapa 2021 de Criciúma, a niteroiense Virgínia Fortes Águas por pouco não ficou fora da final. Ela não figurava entre as oito classificadas até a última manobra, quando precisou ter sangue frio para acertar e conseguir uma boa nota. E foi o que aconteceu, passando em sexto.

“Errei muita coisa que tinha que acertar nas minhas voltas. E precisava ir bem nas manobras. Zerei duas e acabei deixando a classificação para a última hora. Estava um pouco nervosa, claro. Se errasse, já era! Mas deu certo. Amanhã, tenho que ajustar o que errei e fazer com muito mais qualidade. Final é final”, explicou Virgínia.

A etapa é viabilizada pela Prefeitura através da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma. Conta com patrocínio do Banco BV, que apresenta a plataforma STU, e da Monster Energy, além de parceria da New Era. A idealização e realização são da Rio de Negócios. Em 2021, Criciúma entrou de vez no cenário nacional do skate ao investir intensamente e atrair os visitantes, com uma variedade de parques e espaços culturais, fomentando o turismo esportivo.

RESULTADO STREET FEMININO
(as 8 classificadas para a final)

1 – Rayssa Leal – 11,04
2 – Pâmela Rosa – 7,91
3 – Gabriela Mazetto – 6,95
4 – Rafaela Murbach – 6,28
5 – Karen Feitosa – 6,19
6 – Virgínia Fortes Águas – 6,16
7 – Marina Gabriela – 6,09
8 – Giovana Dias – 5,88

Siga as nossas redes:
Instagram: @skatetotalurbe
TikTok: @skatetotalurbe

Notícias Relacionadas

UniSatc apresenta projetos aprovados para a turma de 2022 do Cocreation Lab

Evento fez parte do Noites de Inovação e contou com bate-papo sobre investimentos em startups

Coração viaja 200 km de helicóptero para ser transplantado em SC

Para o coordenador do projeto, o médico Joel de Andrade, o tempo é um fator essencial para este tipo de operação

Quadrilha suspeita de sequestrar caminhoneiros é presa em SC

A partir da investigação da DIC de Joinville, sete pessoas foram presas nesta sexta-feira; três caminhoneiros em cativeiro foram libertados

Covid: ministério recomenda dose de reforço para adolescentes

Imunizante deve ser aplicado quatro meses após segunda dose