Trânsito

Recuperação funcional da SC-390 deverá acontecer somente depois das eleições

Em protesto pelas más condições da rodovia, moradores colocaram uma bananeira em meio à rodovia no trecho do distrito do Guatá, em Lauro Müller.

Foto: Divulgação

Depois de divulgado o nome a empresa habilitada para a recuperação da SC-390, a Secretaria de Infraestrutura do Estado e o Deinfra aguardam o cumprimento do prazo legal para homologação e assinar a ordem de serviço para o início das obras. O trecho em questão possui aproximadamente 13 quilômetros, diversos pontos de deslizamento de encosta e interliga as cidades de Orleans a Lauro Müller

“De 30 a 60 dias é dada a ordem de serviço. Isso dependerá das demais empresas não disputarem o direito de executarem as obras junto à justiça. Quanto aos deslizamentos, temos mais de 20 pontos em rodovias da região. Já informei os órgãos em Florianópolis com cartas de recomendação para uma recuperação imediata e estamos no aguardo. Tomara que o pior não aconteça”, comenta o superintendente regional Sul do Deinfra, Lourival Pizzolo.

Já a assessoria de imprensa da Secretaria de Infraestrutura do Estado, informou que o prazo legal para a homologação e recursos para contestação das demais empresas participantes encerra no dia 17 de setembro.

Enquanto isso, moradores locais e motoristas demonstram sua indignação com a demora na recuperação da rodovia. Na manhã desta quinta-feira (06), fotos de uma bananeira colocada dentro de um buraco na rodovia circulavam pelas redes sociais. O Deinfra afirma que as operações de tapa-buracos continuam. “As chuvas param e o tapa-buracos recomeça. A chuva retorna, os trabalhos param. Já estamos com uma equipe em atuação pelas rodovias e deveremos chegar na SC-390 em breve. Quanto a bananeira… (risos)”, relata Pizzolo.

Em contato com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) do Guatá, a planta já foi retirada da rodovia.

Confer habilitada

A empresa Confer será a responsável pela recuperação funcional da Rodovia SC-390, trecho entre Orleans e Lauro Müller, em uma extensão de 12,97 quilômetros. As propostas de preços das empresas habilitadas foram abertas às 15h30min de segunda-feira (27), na Secretaria e Estado da Infraestrutura, em Florianópolis. O menor valor proposto foi o de R$ 6.816.128,96.

As outras três empresas participantes foram Pavia Brasil (R$ 7.592.490,74), Setep (R$ 8.124.266,82) e Engeplan (R$ 8.163.713,88).

Veja mais

Confer será a empresa responsável pela recuperação da SC-390, entre Orleans e Lauro Müller

Notícias Relacionadas

Obras de recuperação da SC-390 começam nesta terça-feira

Assinatura da ordem de serviço, com a presença do Governador do Estado, Eduardo Pinho Moreira e o Secretário de Infraestrutura do Estado Paulo França, está prevista para acontecer na quarta (26), em Orleans.

Iniciam trabalhos de recuperação da rua que dá acesso a Pindotiba, em Orleans

Cinco ficam feridos após colisão frontal na SC-108, em Cocal do Sul; VEJA VÍDEO

Entre as vítimas, uma criança que estava na cadeirinha em um dos carros. Rodovia está parcialmente interditada em função do resgate pelas equipes de socorro.

Serra do Rio do Rastro fica interditada temporariamente após vendaval

Houve queda de algumas pedras, árvores e postes sobre a rodovia. Nesta manhã de terça (12), o trânsito flui normalmente no trecho, porém, com registro de vento e muita chuva.