Geral

Recuperação da SC-390 fica só na promessa

O tempo chuvoso que predomina nos últimos dias na região deixou a SC-390 em estado ainda mais lastimável. Enormes buracos se abriram em vários pontos da estrada entre Orleans e Serra do Rio do Rastro, comprometendo a segurança dos motoristas.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Guatá pede cautela aos usuários da rodovia e que dirijam em baixa velocidade para evitar incidentes. Dois pontos são considerados críticos, um deles está localizado em Orleans, próximo ao loteamento Tototo e o outro em Lauro Müller, após a subida da serrinha da Boa Vista. Nos dois trechos se formaram grandes crateras que podem danificar os veículos.

Até pescaria

Para chamar a atenção das autoridades para o problema, o garoto Mateus Felipe Fernandes, de 11 anos, que reside às margens da SC-390, na serrinha da Boa Vista, pegou uma vara de pesca e encenou uma pescaria no ponto onde se formou literalmente um açude sobre a pista.

Foi comum ouvir dos motoristas que passaram pelo local, xingamentos aos governantes e palavras de incentivo ao garoto que encontrou uma forma divertida de protestar.

Medida paliativa

Diante da inércia dos órgãos do governo estadual, a prefeitura de Lauro Müller com o apoio da PMRv de Guatá, realizaram na manhã deste sábado uma operação de emergência para diminuir o impacto dos veículos ao passarem pelos buracos. Um caminhão com cascalho percorreu os pontos mais críticos, tapando os buracos com o material.

Recuperação não aconteceu

A recuperação da SC-390, entre Orleans e Lauro Müller, mais uma vez ficou só na promessa. Depois da manifestação que reuniu mais de 200 pessoas e bloqueou a rodovia por uma hora, no último dia 9 de junho, a SDR de Criciúma anunciou que a estrada seria recuperada, porém, mesmo com a data anunciada para início das obras (11/06) e com a empresa definida (Crema Construções), até este sábado o trabalho ainda não teve início.

Novo protesto

Lideranças políticas, empresariais e a população em geral se organizam para uma nova mobilização para reivindicar a revitalização da SC-390. Duas manifestações já ocorreram, em junho de 2013 e junho deste ano. A data para o novo protesto ainda não foi definida, mas os organizadores adiantam que desta vez o bloqueio será por mais tempo.

  • 1ce0a6f51b17289428d0426807be3433
  • 6b94db59fe14ce836a85500cde971a8d
  • c49b5772178df5b639d550aee08d6274
  • 3366866f4e081be780e08b5c95a3f659
  • 983aed7669149d672e9cd5d01d5496f3
  • 7e3013807314c4a399428ad1110c2f34
  • c877e5ff662b75165352a92e1a52951c
  • 52143e05c68c84e9f601d248116fe21a
  • 9b6868565ebba0438574bb925fb97152
  • 9c050d97bcbedc15f6a436bf13eb49aa
  • 6b0d4e23ea222fc0110fecbedf98e427
  • 1fcc7fe1b27f4eb71a6360a69f2900de
  • 915577f21055842170d27de187aafd3b
  • 7f7bf4b1e7af975d0e2c83ae004b9f03
  • 0467df171ea7f46485c7822a73463ef8
  • d250fbd738040fa8a1be992c85b26eb8