Geral

Rede hospitalar do Estado terá 170 novos leitos de UTI em 2021

Também foi definida a alocação de R$ 6,1 milhões para a Saúde Auditiva no Estado

Divulgação

Para 2021, a rede hospitalar de Santa Catarina vai ganhar 170 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A distribuição foi definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada nesta quinta-feira, 10, com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde. Os leitos terão garantia de habilitação permanente na Rede de Urgência e Emergência.

De acordo com o superintendente de Serviços Especializados e Regulação da SES, Ramon Tartari, isso representa ampliação de 30% do número de leitos UTI adulto no Estado e permitirá melhora na assistência aos catarinenses.

Também foi definida a alocação de R$ 6,1 milhões para a Saúde Auditiva no Estado. Tartari informou que o recurso será destinado à avaliação e ao fornecimento de aparelhos auditivos para a população catarinense, contemplando cerca de 4.300 pacientes, que aguardam atendimento.

“Com a transferência desses recursos para a área da saúde oftalmológica estaremos praticamente zerando a fila de espera por aparelhos auditivos. Isso significa que crianças em idade escolar terão um ganho de aprendizagem, que adultos em idade laboral voltarão ao mercado de trabalho de forma plena”.

Notícias Relacionadas

Epagri/Ciram prevê início de março chuvoso em Santa Catarina

A quarta-feira, 3, deve ser com sol entre nuvens na maioria das regiões do Estado

Entidades devem realizar recadastramento até 17 de março de 2021

Interessados em realizar o recadastramento devem se dirigir até a sede do Conselho Tutelar, rua João Pacheco dos Reis, n° 105, bairro - Centro, em Orleans

Atleta de Tubarão precisa de ajuda para participar da maior corrida de obstáculos do país

Kamila Melo está em busca de patrocínio para transformar em realidade o antigo sonho

Operação da PF investiga fraude em aquisição de testes para covid-19

Polícia Federal e CGU tentam desarticular grupo criminoso