Geral

Região deve ter lockdown a partir de quarta-feira (10)

A ideia é conversar com os chefes dos executivos municipais da Amrec e Amesc para que as medidas sejam tomadas em conjunto.

Divulgação

O Comitê Regional de Saúde se reuniu virtualmente na noite deste domingo (7). Nenhuma medida foi adotada, porém há um encaminhamento de lockdown de 7 dias, a partir de quarta-feira (10), em toda Amurel. Estes sete dias podem virar dez, já que terminará próximo a um final de semana.

Os prefeitos da Amurel terão uma reunião segunda-feira (8) à noite. A ideia é conversar com os chefes dos executivos municipais da Amrec e Amesc para que as medidas sejam tomadas em conjunto.

“A situação dos hospitais é caótica e as medidas adotadas pelo Governo do Estado não surtiram efeito”, afirmou um secretário de saúde da região, que preferiu não se identificar.

Já o prefeito de Tubarão Joares Ponticelli declarou que é a favor de que novas medidas que possam conter o contágio sejam tomadas. No final de semana o prefeito gravou um vídeo onde apresenta os números de atendimentos em Tubarão e faz um alerta para que as pessoas sigam as medidas de segurança já divulgadas. “Estamos vivendo o pior momento em termos de ocupação de hospitais e infecção pelo vírus. Se medidas mais duras forem aprovadas pelos prefeitos da região, ou mesmo pelo Estado, não seremos voz destoante. Não dá para esperar mais. Temos que tentar tudo o que os especialistas indicam como positivo, para amenizar a situação”, enfatizou Ponticelli.

Notícias Relacionadas

Rodrigo Hilbert fará pedal na Serra do Corvo Branco neste sábado (16)

Apresentador catarinense vai subir a serra com outros ciclistas

Morre o fundador das Lojas Colombo, Adelino Colombo, aos 90 anos

Empresário criou há mais de 60 anos a empresa que também tem unidades em SC

Prefeitura de Criciúma abre edital para participação na Feira do Livro

Comerciantes têm até o dia 26 para se inscreverem para exposição que ocorrerá em novembro

Em Tubarão, governador apresenta investimentos para aeroportos do Sul

Na ocasião, ele também se comprometeu a firmar um convênio com o município de Tubarão, para viabilizar a fiação subterrânea na rua Lauro Müller