Segurança

Região é alvo de ataques criminosos

Região é alvo de ataques criminosos

Foto: Divulgação

Dois ataques a órgãos ligados à segurança pública foram registrados na região. O Fórum de Tubarão foi alvejado com três tiros e o prédio da Guarda Municipal de Capivari de Baixo sofreu tentativa de incêndio. Ambas as edificações foram alvo de facções criminosas durante a madrugada desta sexta-feira. O alerta é máximo.

A onda de ataques em Santa Catarina começou entre quarta e quinta-feira e, além de Tubarão e Capivari, outras 11 cidades tiveram registros. De acordo com o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Tubarão, o tenente-coronel Sílvio Lisboa, o alerta é máximo.

“Tivemos dois ataques até o momento na região e estamos em alerta máximo. No Fórum de Tubarão, três tiros foram disparados durante a madrugada, entre 4h e 5h de sexta-feira. Um quebrou o vidro e os outros foram na parede. Vizinhos ouviram o barulho dos tiros e de moto, mas não imaginaram que fossem disparos”, explica Lisboa.

Durante o início da manhã, houve ainda tentativa de incêndio no prédio da Guarda Municipal de Capivari de Baixo. “Os ataques estão sendo feitos por uma facção criminosa, mas estamos com um trabalho forte para evitar outros casos. Na região, por sorte, não há histórico de confrontos diretos entre grupos de facções e policiais. No entanto, a ordem do comando geral é que os policiais tenham cuidado, principalmente durante as rondas”, ressalta o comandante.

As operações da Polícia Militar na região, afirma Lisboa, iniciaram na quinta-feira, após ordem do comando geral. “Desde a morte do policial militar em Balneário Camboriú, o comando geral baixou uma determinação para que todos os comandantes encadeassem operações em seus municípios para resguardar os PMs e evitar ataques aos quartéis, presídios e prédios públicos. Barreiras, varreduras e maior presença do efetivo nas ruas são algumas ações”.

Quanto ao incêndio ao caminhão pipa da prefeitura de São Ludgero, o batalhão da Polícia Militar de Braço do Norte afirma que, a princípio, não tem ligação com os ataques.

Comando geral

Em nota oficial, a Polícia Militar informa que intensificou, em todo o Estado, operações policiais de “enfrentamento à criminalidade, principalmente relacionados aos acontecimentos recentes, envolvendo membros e instalações dos órgãos de segurança pública”. A nota ainda acrescenta: “a proteção da sociedade é a missão da Polícia Militar e jamais daremos trégua no nosso árduo ofício de defender o cidadão de bem, mesmo com o risco da própria vida”.

Prédios, veículos e casa de agentes foram alvos em cidades catarinenses

Entre a noite de quinta e a madrugada de sexta foram registrados casos de ataques criminosos a prédios, carro e residência de membros da segurança pública em 13 cidades, incluindo Tubarão e Capivari de Baixo. Bases da PM, prédios públicos e uma delegacia foram alvos. Não há relatos de feridos.

Conforme a Polícia Militar, há registros de ocorrências em Florianópolis, São José, Joinville, Criciúma, Camboriú, Palhoça, Navegantes, Araranguá, Balneário Rincão, Balneário Arroio do Silva e Balneário Gaivota.

O centro administrativo do governo do Estado foi um dos alvos dos ataques que atingiram agentes públicos e bases do governo. Dois homens, em uma motocicleta, efetuaram dez disparos de uma pistola nove milímetros contra a guarita da PM instalada na unidade, próxima à rodovia Virgílio Várzea. O único policial que estava no local não foi atingido.

A nova onda de investidas de criminosos contra o Estado começou no dia 11 de agosto, quando um policial militar foi morto em Florianópolis. Sete dias depois, um agente penitenciário foi morto a tiros em Joinville. Na última segunda-feira, um PM também foi assassinado em Joinville. A última morte aconteceu na noite de quarta-feira, em Camboriú, quando outro policial da reserva foi executado.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

Criminosos invadem residência e agridem casal de idosos, em Gravatal

Idoso é preso ao furtar whisky e lâminas de barbear em supermercado de Tubarão

O fato aconteceu nesta segunda-feira (26), na área central. O segurança do local o abordou e o encaminhou até uma sala onde foi verificado o furto.

Operação contra o furto de gado é realizada no Sul

As fiscalizações aconteceram em Gravatal, Içara, Morro da Fumaça e Bom Jardim da Serra. Pelo Estado, outras cidades também fazem parte das investigações.