Geral

Reitor do Unibave participa de visita ao presidente da Alesc

Durante o encontro, foram apresentados ao presidente da casa os dados das 16 instituições comunitárias que fazem parte do Sistema

Divulgação

O reitor do Centro Universitário Barriga Verde (Unibave), Guilherme Valente de Souza, participou, na tarde desta quarta-feira (16/02), de uma visita ao presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Moacir Sopelsa. Guilherme acompanhou a comitiva de reitores das instituições que fazem parte do Sistema Acafe.

Durante o encontro, foram apresentados ao presidente da casa os dados das 16 instituições comunitárias que fazem parte do Sistema, de forma a evidenciar sua importância no desenvolvimento de Santa Catarina. “Colocamos as instituições do sistema Acafe à disposição do presidente e dos demais deputados da casa, buscando estreitar as relações”, explicou o reitor.

Agradecimento

Na passagem junto a Alesc, o reitor aproveitou para visitar o deputado Rodrigo Minotto e agradecer pela emenda parlamentar destinada à compra de equipamentos para o Hospital Veterinário Unibave (HVU).

O investimento foi de R$ 200mil, e os aparelhos adquiridos estão sendo utilizados durante as aulas do curso de Medicina Veterinária da Instituição e no atendimento clínico de pequenos e grandes animais. O deputado aproveitou a visita e fez a entrega de um documento de prestação de contas do seu mandato.

Notícias Relacionadas

Cachorro “aussaltante” é flagrado ao levar salame de padaria em Criciúma; veja vídeo

Tutor do animal se dispôs a pagar pelo prejuízo, mas padaria deixou salame de cortesia

Sequestro relâmpago acaba em grave acidente em SC

Duas pessoas foram feitas reféns no sequestro relâmpago; o criminoso tomou a direção do carro, mas bateu em seguida

Cidades da Serra têm alta de até 60% na economia em maio incomum com neve

Restaurantes, lojas e postos de combustíveis reforçaram lucros com "boom" de turistas

Serra do Corvo Branco é liberada de Urubici até o corte

Equipes coordenadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) trabalham na limpeza da rodovia e na recuperação de encostas há cerca de 10 dias, quando fortes chuvas atingiram Santa Catarina