Geral

Reunião Participativa: Para moradores de Rio Capivaras Alto, prioridade é o combate ao “borrachudo”

Para atender anseio dos moradores será aplicado larvicida durante um ano no rio que corta a localidade

Mais uma Reunião Participativa com integrantes da equipe administrativa do Governo do Município de Lauro Müller foi realizada na noite desta sexta-feira (19), desta vez, com moradores da localidade de Rio Capivaras Alto. O prefeito Fabrício Kusmin Alves e o vice Ramiris Fontanella, além de vereadores do município, cumprindo compromisso assumido durante a campanha eleitoral, voltaram à localidade para discutir os anseios que foram elencados pelos próprios moradores em setembro do ano passado.

Segundo o livro ata, onde estão registrados os principais anseios da população lauromüllense, a primeira reivindicação dos moradores de Rio Capivaras Alto é para que seja feito o controle dos mosquitos “borrachudo”, que há anos atormentam a vida de quem vive na localidade. Após ter à Fundação Ambiental Municipal – FAM realizado um estudo sobre o caso, o prefeito Fabrício apresentou aos moradores o larvicida biológico que deverá ser aplicado a partir da próxima semana no rio que corta a localidade. O processo será feito por um ano, com aplicações feitas a cada 20 dias.

“Estamos cumprindo com nosso compromisso, que era de voltar a esta comunidade para discutir os seus anseios. Vamos retornar aqui outras vezes para resolver outros problemas que foram elencados”, disse o prefeito Fabrício, acrescentando que toda sua equipe trabalha incansavelmente para melhorar a qualidade de vida de toda população, principalmente na área da saúde.

A vereadora Soraya Curcio Librelato, que também participou do encontro, aproveitou o momento e discutiu com alguns moradores o projeto que pretende levar adiante no Poder Legislativo de Lauro Müller, para o desmembramento de área de terra pertencente ao vizinho município de Orleans e anexação no território lauromüllense. Somente nesta localidade existem 18 famílias que residem no território de Orleans e que têm o interesse de fazerem parte do território de Lauro Müller. Os moradores alegam que a distância até o Centro de Orleans é muito maior que até o Centro de Lauro Müller. E que em razão da distância, eles acabam sendo privados de serviços básicos.

Paralelo à segunda Reunião Participativa aconteceu um encontro promovido pela Secretaria Municipal de Agricultura com o objetivo de levar até a localidade instituições que podem contribuir com a agricultura familiar do município. O encontro, idealizado pelo secretário de Agricultura, Eliandro Bett Giongo, contou com representantes do banco cooperativista Cresol, do Centro de Desenvolvimento do Jovem Rural – CEDEJOR, e da Cooperativa Agropecuária Serra do Rio do Rastro – Cooperagroserra, que tiveram a oportunidade de explanar os serviços que prestam no município.

  • f8a142ec07bc3c47f16d70b17fadb7dd
  • p17oir14jd1f3i1hi61hhj1h021fsn3
  • p17oir14jd13i4j93j1pd9e8oe4
  • p17oir14jdin9oi8rup1dsi1kd85
  • p17oir14jd1pcq1dktihh18c5ul76
  • p17oir14jdouhkdiuo516o1in57