Clima

Rio Tubarão transborda na beira-rio e número de desalojados sobe para 324; VEJA O VÍDEO

O nível passou dos 7 metros por volta das 23 horas desta quarta-feira (4) e a água começou a invadir as ruas da região central da cidade. Situação é de alerta máximo

Divulgação

Por volta das 23 horas desta quarta-feira (4), o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, e o gestor-coordenador de proteção e defesa civil local, Djalma Alves, anunciaram o transbordo do Rio Tubarão na área central da cidade. Isso significa que o nível da água ultrapassou os 7 metros acima do nível do mar. A cidade está em alerta máximo agora, pois as inundações devem chegar em praticamente todas as áreas mais baixas da cidade. “O Rio Tubarão voltou a encher em uma velocidade maior nas últimas horas, em função das chuvas nas regiões da Serra e do Vale do Braço do Norte. A água chega com velocidade alta e com a maré alta a vazão é baixa. Nosso alerta é para que as pessoas dos bairros da região centra; busquem abrigo nas regiões mais altas, em casa de amigos ou parentes, ou acionem a Defesa Civil (199), Corpo de Bombeiros (193) ou Polícia Militar (190)”, lamenta Ponticelli.

O coordenador local da Defesa Civil destaca que existem riscos altos de deslizamentos de terras, em especial nas áreas ribeirinhas. “Pedimos que as pessoas saiam das ruas beira-rio. Estamos emitindo boletins atualizados a todo o momento e não há necessidade de acompanhar o nível da água. Isso pode ser extremamente perigoso neste momento”, avisa. Até as 23h30min desta quarta-feira, o número de desabrigados já havia passado de 295 para 324. São 150 pessoas na Catedral Diocesana, 27 no Salão Paroquial do Morrotes, 46 na Escola Faustina da Luz Patrício, 19 no Cetuba, 15 na Igreja Assembleia de Deus do bairro Recife, 25 na Igreja Verdade Que Liberta e 21 na Associação João 3:16. Os desalojados que precisarem sair de suas casas ao longo da madrugada de quinta-feira (5) serão encaminhados para a Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, no bairro Aeroporto. Para atender a esta demanda, foram adquiridos 300 colchões, 500 toalhas de banho, 400 travesseiros, 305 cobertores, 155 lençóis, 315 fronhas e 300 kits de higiene com sabonete, creme dental, escova de dentes e papel higiênico.

Com vídeo do HCNotícias e informações do Notisul

Notícias Relacionadas

Cidade de SC oferece abrigo emergencial para pessoas em situação de rua após alerta de frio intenso

Estrutura é aberta nas noites de forte frio, quando as temperaturas ficam abaixo de 10 ºC; nesses dias, as abordagens e atendimentos são feitos das 19h às 7h

Estado anuncia que ampliará leitos de UTI infantil

Unidades de Terapia Intensiva para bebês e crianças enfrentam problema de superlotação em SC

Sensação térmica pode chegar a -20°C na Serra de SC; saiba como se proteger

O frio intenso que atinge Santa Catarina nesta semana pode provocar sensações térmicas abaixo de 0°C em algumas cidades do Estado. No alto da Serra, a previsão é de que moradores sintam frio de até -20°C.

Pão e macarrão podem ficar mais caros em SC com onda de calor na Índia

Segundo maior produtor de trigo do mundo, país bloqueou as exportações do produto por conta da seca