Geral

Rio Urussanga: Cenário desejado é proposto pelos usuários de água

Oficina participativa apresentou dados preliminares do Plano de Recursos Hídricos.

Foto: Divulgação

Os primeiro dados da elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Urussanga, levantados pela equipe técnica da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL), foram apresentados para representantes do poder público, usuários de água e população na tarde desta segunda-feira, dia 25, no salão paroquial de Morro da Fumaça.

Os números são referentes às demandas hídricas divididas nos setores: população urbana, irrigação, indústria, mineração, aquicultura, criação animal e população rural. A partir destes dados, os profissionais projetaram os cenários tendenciais, com base nos setores, nos períodos em curto prazo até 4 anos, médio prazo até 8 anos e a longo prazo até 12 anos.

Após esta apresentação, a equipe técnica da UNISUL aplicou uma metodologia com os participantes da oficina a fim de criar cenários futuros desejados pelos cidadãos. De acordo com o coordenador técnico do Plano, Leonardo Porto Ferreira, diversos fatores influenciam na decisão de cenários futuros como, por exemplo, questões ambientais e sociais. “A intenção da manifestação dos participantes visa uma projeção de futuro próxima do real que, posteriormente, refletirá no plano de ação para melhorar a gestão dos recursos hídricos”, pontua.

A oficina participativa faz parte do prognóstico, que integra a etapa D do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Urussanga. Juntos, diagnóstico, que se refere à situação, e prognóstico, que mostra o cenário de evolução, apontam as áreas críticas para gestão em termos de qualidade e quantidade, e são a base para a criação de um plano de ação que projeta as ações e os investimentos.

A elaboração do Plano de Recursos Hídricos é de responsabilidade da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) com o apoio financeiro da Fundação de Amparo a Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) e acompanhamento do Comitê da Bacia do Rio Urussanga.

Próximas oficinas serão em abril

As oficinas previstas dentro do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Urussanga são a oportunidade da sociedade discutir importantes questões relacionadas ao futuro das águas. Os participantes auxiliam nas decisões e subsidiam as propostas para o desenvolvimento e a preservação da bacia hidrográfica. As próximas oficinas irão abordar e debater a qualidade da água e os diferentes usos. Os encontros serão realizados nos dias 16 e 30 de abril, em locais e horários a serem definidos e divulgados posteriormente.

Colaboração: Comunicação Comitê Rio Urussanga

Notícias Relacionadas

Siderópolis apresenta nova proposta de reajuste salarial aos servidores municipais

Pela proposta, os funcionários públicos receberão um reajuste de 1,69%, conforme a variação do INPC dos últimos 12 meses (inflação) e mais 0,5% de ganho real. Para o magistério a proposta foi diferenciada conforme remuneração.

Vereador Rabelo apresenta proposta para custo zero das taxas para Microempreendedores Individuais

É uma medida para fortalecer e estimular a abertura novas microempresas.

Motoristas e cobradores de ônibus aceitam proposta salarial em negociação iniciada no MPT

O valor do vale refeição foi para R$ 825,00 e o plano de saúde da categoria será subsidiado em R$ 100,00 linearmente.

Proposta libera veículos se a fila de pedágio superar 200 metros ou 10 minutos de espera

Projeto de Lei do deputado Peninha quer diminuir longos congestionamentos nos postos de cobrança .