Trânsito

Rodovias de SC iniciam ano sem mortes pela primeira vez em uma década

Dados são do período de 1° a 12 de janeiro

Foto: Divulgação

As rodovias estaduais de Santa Catarina alcançaram um marco histórico, pois não houve nenhum acidente fatal registrado no período de 1º a 12 de janeiro. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, esse resultado positivo não era observado há mais de 10 anos no estado.

A PMRv atribui esse cenário favorável às abordagens frequentes aos motoristas, destacando a importância dos exames de alcoolemia (teste do bafômetro) que desempenharam um papel crucial durante as festividades e o início do ano. Além disso, as fiscalizações com radares foram intensificadas, com ênfase na vigilância das ultrapassagens em locais proibidos, que historicamente representam o maior índice de óbitos em rodovias. O uso de drones também foi incorporado pela PMRv para reforçar a fiscalização nas estradas catarinenses.

Em relação às infrações de trânsito no início do ano de 2024, nas rodovias estaduais, a Polícia Militar de Santa Catarina registrou 190 autuações por embriaguez e recusa ao realizar o teste do bafômetro, 341 registros de ultrapassagens em locais não permitidos e 2.755 autuações de veículos que excederam a velocidade permitida. Esses dados refletem os esforços contínuos das autoridades para manter a segurança nas estradas e prevenir acidentes fatais.

Informações retiradas do NSC Total para a escrita do texto

Notícias Relacionadas

Agiotas que cobravam dívidas até no local de trabalho das vítimas são presos em SC

Empresário está entre os presos

Fim de semana de veranico antecede chuvas e temporais em Santa Catarina

Esse novo veranico de junho antecede a passagem de uma frente fria

A partir de R$ 300: PRF em SC prepara leilão de 270 veículos que poderão voltar a circular

Também há 225 lotes classificados como sucata. Veículos podem ser visitados em pátios de Imbituba, Capivari de Baixo e Araranguá.

Jovem morre após explosão de ar-condicionado em prédio de Balneário Camboriú

Vítima de 19 anos fazia manutenção do equipamento com o pai.