Geral

Rússia x Ucrânia: Conflito pode se transformar na 3ª Guerra Mundial?

Especialistas dizem que crise militar já é a mais grave na Europa desde os acontecimentos da 2ª Guerra Mundial.

Divulgação

Na manhã desta quinta-feira, 24, a Rússia decidiu atacar a Ucrânia após quatro meses de instabilidade. O cenário é preocupante, pois trata-se da crise militar mais grave na Europa desde os acontecimentos da 2ª Guerra Mundial. O anúncio desencadeou ainda uma grande quantidade de denúncias e sanções por parte do Ocidente, incluindo os Estados Unidos.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez um pronunciamento às 5h45 (23h45 da quarta, 23, horário de Brasília), no qual anunciou a realização de uma “operação militar especial” cujo intuito é proteger a população do Donbass, região vizinha com áreas rebeldes pró-Rússia.

Segundo o líder russo, o intuito da ação é trazer justiça aos crimes cometidos contra russos nesses lugares, além de “desmilitarizar e desnazificar” a Ucrânia. Além disso, Putin negou que o intuito das invasões seja o de ocupar território.

Quais as chances de o conflito Rússia versus Ucrânia se transformar em uma 3ª Guerra Mundial?

Com o início das investidas, milhões de ucranianos estão com medo de como a crise impactará suas vidas. Isso porque apenas Putin e seus aliados mais próximos sabem até onde ele está disposto a avançar nessa disputa.

Mas e para o mundo? É possível que essa tensão se transforme na próxima grande guerra mundial?

Segundo especialistas da área de geopolítica, enquanto não houver um conflito direto entre a Rússia e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), dificilmente essa crise entre os países se transformará em uma guerra mundial em larga escala.

Vale lembrar que a Ucrânia ainda não é membro da Otan, apesar de demonstrar interesse nisso. Apenas países do leste Europeu como Estônia, Letônia, Lituânia ou Polônia, que já fizeram parte de Moscou durante a União Soviética, participam da organização.

“Putin não está prestes a atacar a Otan. Ele só quer transformar a Ucrânia em um Estado vassalo como Belarus”, declarou uma importante fonte militar britânica. Porém, quando se trata do presidente russo, existe o alerta da imprevisibilidade.

Putin é conhecido por ser friamente calculista. Recentemente, ele declarou que a Otan é “perversa” e disse que a Ucrânia não tinha o direito de existir como uma nação independente da Rússia. E isso torna o cenário instável e preocupante.

O que pode colocar a situação em risco são as sanções de outros países, como o Reino Unido e Estados Unidos. A Rússia já declarou que está preparada para reagir às punições, o que pode acalorar ainda mais as relações entre as gigantes mundiais.

Com informações do R7

Notícias Relacionadas

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em SC

A prisão do homem ocorreu na noite de sábado dia, 21, durante uma operação conjunta da Polícia Civil e Militar

Cinco suspeitos de tráfico de drogas são presos em SC

Prisões ocorreram por meio da "Operação Tarrafa" da Polícia Civil

SC monitora varíola do macaco após 90 casos confirmados em ao menos 12 países

Até o momento, não há registros de casos de varíola dos macacos no Brasil; vírus é semelhante ao da varíola humana, inclusive nos sintomas

Dívida de R$ 2 mil motivou tiros contra sargento da PM em SC

Policial Militar foi vítima de uma tentativa de homicídio na madrugada do último sábado (21); quatro suspeitos foram presos