Saúde

Saiba quais serão os primeiros grupos a receber a vacina contra Covid-19 em Santa Catarina

serão imunizados alguns grupos prioritários: trabalhadores da Saúde, pessoas acima de 75 anos, pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas e população indígena

Divulgação

Santa Catarina recebeu pouco mais de 144 mil doses da vacina contra Covid-19 nesta segunda-feira, 18, incluindo as 17,4 mil doses exclusivas para a população indígena. Nesta primeira etapa, conforme previsto no Plano Estadual de Vacinação, serão imunizados alguns grupos prioritários: trabalhadores da Saúde, pessoas acima de 75 anos, pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas e população indígena.

“É importante que os catarinenses acompanhem as atualizações e aguardem seu grupo ser chamado para a vacinação contra a Covid-19. Santa Catarina tem agulhas e seringas suficientes para as primeiras etapas da imunização, mas é preciso aguardar a chegada de novas doses por parte do Ministério da Saúde”, afirma o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro.

De acordo com as doses da CoronaVac recebidas nesta segunda-feira, 18, a previsão é imunizar mais de 68,5 mil de catarinenses inicialmente, considerando que são necessárias duas doses e que haja alguma possível perda técnica. A distribuição por grupo prioritário está prevista da seguinte forma:

Pessoas com mais de 60 institucionalizadas: 3460
Pessoas com deficiência institucionalizadas: 263
População indígena: 8317
Trabalhadores da saúde: 56540
Total: 68.580 pessoas

Doses chegam a Florianópolis

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, participou na manhã desta segunda-feira de um ato simbólico de entrega das doses em Guarulhos. A carga chegou no hangar da Base Aérea em Florianópolis por volta das 11h30. A partir deste momento o Governo do Estado dará início à logística de distribuição, que vai acontecer por via terrestre e aérea.

Os imunizantes seguiram para o almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde (SES), na Grande Florianópolis. Eles serão separadas pelas equipes da SES para a distribuição nas 17 regionais da Saúde no Estado.

As forças de segurança de Santa Catarina já traçaram as rotas e seguem prontas para realizar as escoltas e levar, em até 24 horas, os imunizantes do centro de distribuição até os municípios catarinenses. As vacinas serão transportadas por terra para cidades mais próximas e via aérea para as regiões mais distantes, como o Oeste e Extremo Oeste.

Notícias Relacionadas

DIC de Criciúma prende donos de farmácia por venda criminosa de remédios

Os proprietários da farmácia. R. C., de 58 anos, e a esposa, S. R. V., de 56 anos, foram encaminhados ao presídio local.

Escolinha de Iniciação Esportiva Esucri: inscrições gratuitas

Projeto visa incentivar a prática de atividades físicas por meio do esporte

São Ludgero registra duas mortes por Covid-19 em menos de 24 horas

Até ontem, terça-feira, 15 de junho, São Ludgero tinha confirmado 2.778 casos, 102 ativos, 2.643 recuperados, 39 suspeitos e 5.510 exames descartados

Prefeitura de Criciúma deve entregar novas UBSs em quatro bairros

Objetivo é garantir um atendimento ainda mais humanizado e acessível à população, com nova infraestrutura e equipamentos