Saúde

Sala de Vacinas de São Ludgero passa atender das 7 às 16 horas

A Sala de Vacinas funciona na ESF Margem Esquerda, a partir de amanhã, 1º de outubro, das 7 às 16 horas sem fechar ao meio-dia

Divulgação

Com a finalidade de ajustar o horário para atender maior número de pessoas, a Sala de Vacinas de São Ludgero, a partir de amanhã, sexta-feira, 1º de outubro, passa a funcionar das 7 às 16 horas, de segunda a sexta-feira. Amanhã, também, inicia a Campanha Nacional de Multivacinação para atualizar a Caderneta de Vacinas de crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Sobre o ajuste no horário de atendimento na Sala de Vacinas, a Secretária de Saúde, Morgana da Silva Rech, informa que após um levantamento de atendimentos feitos constatou-se que as pessoas buscam por vacinas mais no início da manhã ao invés do final da tarde. “Buscamos junto com a equipe fazer aquilo que é possível para facilitar a vida das pessoas e é por isso que a Sala de Vacinas começa atender mais cedo e continua seguindo direto o atendimento ao meio dia até às 16 horas”, pontua.

A responsável pela Sala de Vacinas, Rosi Borba Werncke, reforça a importância da Campanha Nacional de Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinas de crianças e adolescentes. “Acontece no sentido de deixar os menores de 15 anos em dia com as imunizações. O pedido para pais ou responsáveis é que peguem a Caderneta de Vacinas dos filhos e olhem ou tragam até a Sala de Vacinas para conferência. Com as vacinas em dia, nós aumentaremos a cobertura vacinal, a diminuição da incidência das doenças imunopreveníveis, e temos um maior controle, eliminação e erradicação das doenças”, pontua. Ela lembra que o Dia D, que mudou para Dia V, da Campanha Nacional de Multivacinação, acontecerá no dia 16 de outubro.

A Sala de Vacinas funciona na ESF Margem Esquerda, a partir de amanhã, 1º de outubro, das 7 às 16 horas sem fechar ao meio-dia. Dúvidas podem ser sanadas pelo telefone 3657-0828.

Notícias Relacionadas

Homem que matou estuprador é condenado a 14 anos de prisão em Criciúma

O crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando a vítima foi assassinada a tiros por Y.D.C., à época com 23 anos, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma

São Ludgero foi sede da reunião do Colegiado de Educação da Amurel

O evento foi aberto e coordenado pelo Assessor da Amurel, responsável pela área de Educação

Governador Carlos Moisés destaca inovação catarinense durante Circuito Inova SC

O reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, destacou o momento ímpar vivido pela Acafe e por cada universidade comunitária do Estado

Santa Catarina reduz a cinco meses intervalo para dose de reforço em idosos

A logística de encaminhamento de doses para os municípios tem ocorrido de forma ágil e leva em conta a estimativa populacional do IBGE