Litoral

Santa Catarina deve receber 230 imigrantes venezuelanos nesta quinta-feira

Iniciativa foi de pastor que se responsabilizou por três meses pelo acolhimento do grupo.

Foto: Schneyder Mendoza/AFP

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) informou nesta quarta-feira (10) que 230 venezuelanos chegarão a Santa Catarina na quinta-feira (11). Eles estão em Boa Vista, em Roraima, e um pastor ligado a uma igreja evangélica de Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense, se responsabilizou pelo acolhimento do grupo.

O MDS informou que o voo dos imigrantes chegará às 17h15. Segundo o pastor Michel Aboud, o grupo virá em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) até Curitiba (PR) e depois será transportado para a cidade de Balneário Camboriú.

Foto: Michel Aboud/ Arquivo pessoal

Para viabilizar a vinda dos imigrantes, a entidade entrou em contato diretamente com a Casa Civil da Presidência da República, de acordo com o MDS.

O pastor afirmou que assinou um termo de responsabilização pelo grupo no período de três meses. Ele diz que, com a ajuda de empresários, a igreja reuniu 15 toneladas de alimentos, roupas e alugou moradias.

Além de Balneário Camboriú, Itajaí, Navegantes, Itapema, Camboriú e Florianópolis, locais onde também há sede da igreja, devem receber de uma a duas famílias cada para acolhimento.

Com informações do G1SC

 

Notícias Relacionadas

Chuva de rosas e santa missa abrem a 85ª Festa em Honra a Santa Barbara e Santa Luzia em Lauro Müller

Imagens das santas trazidas por mineiros foram acolhidas na igreja do distrito do Barro Branco sob pétalas de rosas lançadas de helicóptero.

Natal dos Sonhos de Orleans promete novidades neste domingo

A partir das 20 horas, acontece o segundo desfile com muitas novidades. São mais de 400 personagens e novas atrações em um espetáculo que reúne família, amigos de todas as idades e diferentes cidades.

Governador anuncia extinção da Secretaria de Turismo Cultura e Esporte

Eduardo Pinho Moreira (MDB) não confirmou data de fim da pasta. Tendência é que órgão seja absorvido pelo gabinete do governador, informou assessoria.

Prefeitos e vereadores do Sul se posicionam contra praças de pedágio na BR-101

O empreendimento prevê investimentos de R$ 6,5 bilhões, sendo R$ 2,9 bilhões em investimentos e R$ 3,6 bilhões em custos operacionais nos 30 anos de concessão.