Geral

Santa Catarina registra alta de 51% nas exportações de carne suína em maio

Foram mais de 37,8 mil toneladas embarcadas no mês.

Divulgação

A exportação de carne suína em maio teve aumento de 51% em Santa Catarina em relação ao mesmo período do ano passado, divulgou o governo estadual nesta quarta-feira (19). O faturamento no mês passado ficou acima de US$77,9 milhões. Os maiores compradores foram China, Hong Kong, Chile, Rússia e Argentina, que correspondem a 80% do total.

O estado é o maior produtor nacional de carne suína. Foram embarcadas no mês passado mais de 37,7 mil toneladas, aumento de 39,8% em relação a maio de 2018. Houve venda de produtos com maior valor comercial e aumento nos preços no mercado internacional, informou a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca.

De janeiro a maio deste ano, Santa Catarina foi responsável por 60% das exportações brasileiras de carne suína, com 167 mil toneladas embarcadas e receita de US$ 319,8 milhões. Em comparação com o mesmo período de 2018, houve crescimento de 40,4% na quantidade exportada e de 34% no valor.

Peste suína

Conforme relatório divulgado neste mês pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a contaminação com peste suína africana já levou à eliminação de 3,4 milhões de suínos em países asiáticos. A situação mais crítica é a da China, com 138 focos detectados da doença em 32 províncias, incluindo a região de Hong Kong.

A avaliação da Secretaria de Agricultura é que a doença está transformando o mercado da suinocultura mundial e os impactos podem ser ainda maiores.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Agências do Sine de Santa Catarina contam com quase 1,7 mil vagas de emprego abertas

A lista de oportunidades disponíveis pode ser acessada no aplicativo Sine Fácil, disponível para smartphones.