Geral

Santa Catarina registra melhor resultado orçamentário de todos os tempos

A receita total do Estado foi de R$ 29,95 bilhões, enquanto as despesas somaram R$ 28,08 bilhões

Divulgação

Santa Catarina alcançou um superavit orçamentário de R$ 1,86 bilhão em 2020, o melhor resultado orçamentário de todos os tempos. A receita total do Estado foi de R$ 29,95 bilhões, enquanto as despesas somaram R$ 28,08 bilhões. Os dados da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) foram apresentados nesta terça-feira, 9, em reunião do Grupo Gestor de Governo (GGG).

“Desde o início desta gestão, o Poder Executivo vem aplicando medidas de austeridade nos gastos públicos. Especialmente no ano passado, trabalhamos para minimizar os impactos da crise e da queda na arrecadação, focando no equilíbrio entre saúde e economia. Como resultado, Santa Catarina conquistou o maior superavit já registrado”, declarou o governador Carlos Moisés durante a reunião.

O resultado orçamentário representa a diferença entre a receita orçamentária realizada e a despesa orçamentária executada. Em 2019, Santa Catarina já havia conquistado resultado positivo, com superavit de R$ 162 milhões. No ano anterior, em 2018, o deficit orçamentário foi de R$ 1,1 bilhão. “O resultado positivo faz com que o Estado, além de cumprir as metas e mínimos constitucionais, possa investir em áreas prioritárias. Em 2020, aplicamos mais de R$ 1 bilhão de recursos próprios em investimentos, crescimento de 80% em relação ao ano anterior”, explica o secretário da SEF, Paulo Eli.

Os números apresentados fazem parte do Balanço Geral de 2020, que será entregue ao Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE) no próximo mês. A prestação de contas anual do Governo do Estado é composta de relatórios, demonstrativos contábeis e informações sobre o contexto administrativo, social e econômico. Conforme previsto no artigo 59 da Constituição Estadual, o parecer prévio do tribunal é emitido em até 60 dias após a entrega. No ano passado, a prestação de contas do Governo do Estado, referente ao primeiro ano de gestão do governador Carlos Moisés da Silva, foi aprovada por unanimidade e com o menor número de ressalvas da década.

Notícias Relacionadas

Pessoas com 54 e 55 anos serão vacinadas contra Covid-19, em São Ludgero

Durante a vacinação contra Covid-19 as Secretarias de Assistência Social e Saúde estão realizando a campanha “Vacina contra Fome”.

Criança é flagrada dirigindo veículo na Estrada Geral do Rio Novo, em Orleans

A criança foi abordada junto com seu avô, que estava no banco do carona

Mais três unidades de saúde passam por reformas em Morro da Fumaça

São cinco as estruturas que recebem por melhorias nos últimos dois anos

Criciúma vence e assume vice-liderança da Série C

Hygor e Dudu marcaram os gols da vitória do Tigre por 2 a 1 sobre o Ypiranga