Geral

São Ludgero deve firmar Termo de Cooperação Técnica com a FEBAVE para castração de animais

Segundo a justificativa do executivo, com este trabalho, fica impedida a recriação sem controle de animais

Divulgação

O Executivo Municipal de São Ludgero deseja firmar Termo de Cooperação Técnica com a Fundação Educacional Barriga Verde – FEBAVE, tendo por objeto “realização de procedimentos médicos veterinários de castração de animais, implantação de microchip, atendimentos clínicos e cirúrgicos, palestras e oficinas nas escolas do Município de São Ludgero”, a ser executado através do Curso de Medicina Veterinária da Instituição de Ensino. Para isso precisa da aprovação dos vereadores. Os edis terão a oportunidade de deliberar sobre o Projeto de Lei Ordinária Nº03/2021, que autoriza o referido Termo de Cooperação.

O Termo de Cooperação Técnica de que trata esta Lei, terá validade de um ano, contado a partir da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado por igual período, por acordo entre as partes, somente para realização de outro lote para procedimentos médicos veterinários. Quanto ao pagamento serão mensais, conforme prestação de serviços, com base na tabela do Termo de Cooperação Técnica, celebrado entre as partes cooperantes.

Segundo a justificativa do executivo, com este trabalho, fica impedida a recriação sem controle de animais o que pode acarretar no aumento de despesas relacionadas a saúde pública, proliferação de doenças e outros problemas que são ocasionados conforme é de conhecimento dos vereadores.

Notícias Relacionadas

Força-tarefa faz balanço das primeiras 20 horas de atuação

A equipe multisetorial iniciou o trabalho às 23h de sexta-feira (26) e continuará atuando enquanto durarem os decretos.

Bebê recém-nascida morre vítima da Covid-19 no Vale do Itajaí

A criança tinha apenas 13 dias de vida, segundo informações da prefeitura de Indaial

SC tem 8 casos da variante brasileira do coronavírus após mais 3 confirmações

Três pacientes de Manaus hospitalizados em Florianópolis estavam com variante do vírus. Outros 5 casos foram identificados na capital, em Joinville e Rio do Sul.

Dez pacientes graves estão à espera de vagas de UTIs Covid em SC

Todos estão hospitalizados em leitos de enfermaria de quatro regiões diferentes do Estado