Geral

São Ludgero: Dia 31 de julho é o prazo final para pagar o IPTU 2019 em cota única com 20% de desconto

Além do pagamento em cota única com desconto, os proprietários de imóveis podem optar pelo parcelado em quatro vezes.

Divulgação

Em São Ludgero, quarta-feira, dia 31 de julho, é o último dia do prazo prorrogado para pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU 2019) em cota única com 20% de desconto.

Com o dinheiro arrecadado referente ao IPTU a Administração Municipal de São Ludgero segue firme realizando investimentos importantes na educação, saúde, esporte, comprando equipamentos e realizando obras diversas de infraestrutura pela cidade.

Além do pagamento em cota única com desconto, os proprietários de imóveis podem optar pelo parcelado em quatro vezes.

É importante lembrar que este ano em São Ludgero não haverá Programa de Recuperação Fiscal (Refis).

O Setor de Tributação está localizado na Sede Administrativa Municipal na Avenida Monsenhor Frederico Tombrock, nº 1.300. Funciona das 7h30min às 11h30min e das 13 às 17 horas de segunda a sexta-feira, salvo feriados. Mais informações pelos telefones 3657 8805 ou 3657 8806. Além de imprimir o carnê através do site do município, as pessoas também podem enviar suas dúvidas e solicitar informações ao setor de tributação via online.

Quem optar pelo pagamento parcelado do IPTU 2019 terá as seguintes datas de vencimento:

1ª parcela – 31/07
2ª parcela – 12/08
3ª parcela – 10/09
4ª parcela – 10/10

Colaboração: Comunicação São Ludgero 

Notícias Relacionadas

Projeto “Vem Comigo” concede desconto em mensalidade ao indicar pessoas para ingressar no Unibave

As inscrições para participar do projeto “Vem Comigo” devem ser realizadas até o dia 11 de agosto

Levantamento mostra que 45% dos beneficiários do PIS/PASEP vão usar dinheiro extra para pagar dívidas em atraso

Para SPC Brasil, medida é importante para que o cidadão consiga sanar pendências e recuperar crédito no mercado. Cerca de14% dos brasileiros ainda não sabem se têm direito ao benefício

Município de Balneário Gaivota que cobrava IPTU sobre lotes inexistentes, terá de fazer planejamento urbano​

Na ação proposta pelo Ministério Público (MP), foi apontada a ausência de cadastros territoriais e mapeamentos confiáveis que dão causa à cobrança indevida de IPTU relativo a lotes que fisicamente não existem

Refis 2019: contribuintes de Criciúma podem quitar dívidas com desconto

Neste ano, campanha da Administração Municipal ocorre somente neste mês. Contribuintes terão desconto de 99% em juros e multas