Educação

Satc Transformando vidas: 50 anos de trabalho e dedicação

Seu Agenor comemora cinco décadas de amor à sua segunda família, a Satc

Divulgação

Nos últimos 50 anos o compromisso de Pedro Agenor Netto Milioli tem sido com a Satc. É aqui, na sala do Departamento Pessoal que ele coordena sua equipe e atua nas últimas cinco décadas. É sua segunda casa. “É minha família. Gosto muito do que faço, é um prazer seguir trabalhando”, afirma seu Agenor.

Nesta segunda-feira (4), quando completou 50 anos de trabalho na Satc, ele foi homenageado pela Direção e pelos colegas. São 17 anos de Satc e 12 trabalhando diretamente com o seu Agenor. Ele é um paizão, uma pessoa que tem toda a minha admiração e respeito. Sou grata por aprender todos os dias com ele. É muito gratificante trabalhar ao lado de uma pessoa que tem um conhecimento nas áreas financeira e trabalhista e que é, acima de tudo, um ser humano maravilhoso”, pondera a colega Gisele Teixeira Cardoso.

Seu Agenor começou a trabalhar cedo, aos 18 anos, no setor Administrativo das Pernambucanas. “Fiquei ali três anos. Depois, fiquei sabendo de uma vaga no Financeiro da Satc e vim tentar”. Veio e não saiu mais. Ele iniciou no antigo prédio da instituição, que funcionava na Praça Nereu Ramos. Passou por diretores, viu famílias formarem seus filhos e netos. Acompanhou altos e baixos da própria Satc. “Nem sempre foram momentos fáceis. Tivemos crises, greves, ficamos com o dinheiro bloqueado com o Collor. Mas, tudo passou. E a Satc segue forte”, comenta ele.

Aos 72 anos, o colaborador inspira os colegas de trabalho. Os olhos brilham quando fala do carinho pela sua segunda casa. “Não tive momentos em que pensei em sair. Sempre tem algo para aprender, descobrir”, ressalta seu Agenor.

Para agradecer a dedicação de tantos anos, o colaborador foi homenageado nesta segunda-feira. Colegas de trabalho participaram da reunião, que contou com a entrega de uma placa comemorativa. “Ficamos muito felizes em poder comemorar os 50 anos do seu Agenor na Satc. Ele é extremamente comprometido com a instituição e a confiança que ele dedica é algo muito valioso”, pondera o reitor da UniSatc, Carlos Antônio Ferreira.

Notícias Relacionadas

Engenheiro da Famor esclarece aos vereadores de Orleans sobre trabalhos realizados

Na Ordem do Dia, foram aprovados Projeto de Lei Complementar, Moção de Apoio, Requerimento e Indicação.

Um projeto de lei e seis proposições pautam sessão do Legislativo de Lauro Müller

Atletas de Muay Thai, Karatê e Jiu Jitsu de Criciúma conquistam pódio em competições

Disputas foram no Rio de Janeiro e em Videira

“Ela era o tesouro da vida dele”, diz tia de policial morto pela filha em SC

Neife Werlang, de 46 anos, foi morto na sexta-feira (18) em São Miguel do Oeste; duas suspeitas estão apreendidas em Chapecó