Poderes Municipais

Saúde Municipal é debatida em sessão na Câmara de Vereadores de Orleans

Em sessão nesta segunda-feira (16), os vereadores questionaram as filas de espera de exames e consultas, além de pedirem explicações à secretária de saúde.

Letícia de Oliveira/Sul In Foco

A sessão da Câmara de Vereadores de Orleans desta segunda-feira (16) teve como principal tema a saúde pública municipal. Presidido pelo vereador Hildegart Thessmann Durigon, a sessão ainda teve a votação de dois projetos de lei e cinco indicações.

Os vereadores aproveitaram o uso da tribuna para falar sobre o atendimento da saúde em Orleans. A vereadora Mirele Debiasi iniciou relatando uma indignação com a falta de retornos médicos após cirurgias realizadas. “Hoje infelizmente eu tive que ir até o Ministério Público com uma moradora do município de Orleans em relação com um assunto de saúde que aconteceu com ela, que teve aproximadamente cinco meses sem uma resolução. Essa paciente passou por uma cirurgia no mês de abril e ela deveria ter o retorno com o médico que ela passou por cirurgia após 30 a 45 dias. Já estamos em setembro e ela ainda não conseguiu retorno médico para que ela pudesse mostrar como está a cirurgia e dar continuidade ao tratamento. Encontrei com ela no Ministério Público, onde ela relatou toda essa situação tão triste”, conta.

A vereadora ainda destacou que o problema não é local, mas de muitos municípios. “É muito complicado quando não há saúde. Ela é uma mulher agricultora, está com dor e não consegue trabalhar. Não é um problema só do nosso município, todos tem passado por isso. Nós como voz da nossa população temos que ver uma forma de auxiliar e acelerar esse processo. Não é um problema de dinheiro e de recursos. Nosso município está investindo muito mais do que a lei obriga. Então se investimos mais, porque não estamos vendo resultados?”, questiona.

Mirele solicitou ao presidente da casa que convide a secretária de saúde para dar esclarecimentos sobre os recursos da área. “Não estou aqui para falar mal da administração. Nunca governo algum deu tanta ajuda a Rede Feminina de Combate ao Câncer como essa administração. Agradeço muito a atenção que eles estão tendo com a Rede Feminina. É mais que o triplo do que qualquer outra administração já ajudou a nossa entidade. Mas também não posso me calar vendo como as pessoas estão sofrendo em relação à saúde. Os exames laboratoriais, está na regulação, leva 20 dias para ter uma autorização para fazer o exame laboratorial. Entendo que exames complexos e especialidades demoram. Não acredito que está sendo feito algo errado com o dinheiro da saúde, porém gostaria muito que a Luana pudesse vir aqui apresentar para a população os números da secretaria e os atendimentos, para podermos ver onde pode melhorar, porque a nossa função como vereador é fazer com que a população seja bem atendida”, finalizou

Letícia de Oliveira/Sul In Foco

O vereador Paulo Canever também questionou os valores investidos na saúde. “Está sendo aplicado 23% na saúde e as filas só aumentam, espera de pequenas e grandes cirurgias, exames de laboratórios e imagem. Afinal, será que não são manipulados esses números? São poucas ocasiões que os postos de saúde estão com 100% de médicos trabalhando. A Fundação Hospitalar Santa Otília está fazendo milagre para atender o número de pessoas que atende todos os dias”, comenta o vereador.

O vereador Udir Luiz Pavei trouxe dúvidas sobre os valores investidos pela secretaria de saúde em publicidade e pediu esclarecimentos a secretária.

O vereador Lucas Gonçalves deu destaque a sua Indicação n° 0075/2019, que pede ao executivo a realização de um programa de mutirão para zerar as filas de esperas em consultas com especialistas e exames. “Na última sessão fiz uma indicação verbal e hoje formalizo para que a prefeitura possa dar uma atenção especial a essa situação, indicando que se faça um mutirão ou algum programa. Citei como exemplo Braço do Norte, onde foi muito bem-sucedido. Jaguaruna também fez o programa Fila Zero para atender a população. O povo não quer saber de onde vai vir o recurso, ele quer ser atendido. Em Braço do Norte se fez com recursos próprios e recursos de emendas parlamentares. Acredito que a nossa prefeitura, que já repassa esses 23% para a saúde, tem condições de dar esse atendimento para a nossa população”, explica o vereador.

A indicação n° 0075/2019 foi aprovada por unanimidade pelos vereadores e será encaminhada ao Executivo. O presidente Hildegart Durigon também ressaltou que os vereadores se reunirão nesta quinta-feira (19), durante as reuniões das comissões para definir se haverá convocação da secretária de saúde de Orleans para esclarecimentos.

Letícia de Oliveira/Sul In Foco

Confira a Ordem do Dia da Sessão desta segunda-feira (9):

PROJETO DE LEI PE Nº 0044/2019 – CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – CMDE E INSTITUI O FUNDO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – FMDE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS – Autor: Poder Executivo

PROJETO DE LEI PE Nº 0045/2019 – ANULA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA E ABRE CREDITO SUPLEMENTAR – Autor: Poder Executivo

Indicação nº. 0074/2019 – Autor: Pedro João Orbem
” Que o Executivo faça a implantação de uma linha de ônibus ida e volta, uma vez por semana para atender os seguintes roteiros: 1 – Três Barras, Curral Falso, Brusque, Rio Laranjeira, Ponte Preta, Orleans; 2 – Orleans, Rio Novo, Rio Carlota, Barracão, Vila Nova, Rio Belo; 3 – Rio das Furnas, Rio Pinheiros Alto, Rio Pinheiros Baixo, Taipa, Orleans.”

Indicação nº. 0075/2019 – Autor: Lucas Mattos Gonçalves
“Que o Executivo através da secretaria de saúde, realize um programa de mutirão para zerar a fila de espera para consultas com especialistas e exames.”

Indicação nº. 0076/2019 – Autor: Edite Zomer Righetto
“Que o Executivo faça a restauração dos corrimões da escadaria que liga as Ruas Barão do Rio com a Aristiliano Ramos, no centro da cidade.”

Indicação nº. 0077/2019 – Autor: Hildegart Thessmann Durigon
“Que o Executivo através da Comissão de Trânsito faça a colocação de uma lombada na Rua Antônio da Silva Cascaes, em frente ao Cartório Eleitoral (Ponto de Referência), bem como uma faixa de pedestre elevada, em frente a Maçonaria (apenas referência) na mesma Rua no sentido contrário.”

Indicação nº. 0078/2019 – Autor: Mirele Debiasi
“Que o Legislativo faça uma Moção de Aplauso e Reconhecimento a Sra. Nilza Machado Agostinho, a mulher mais idosa do município com 106 anos de idade.”

Confira a Sessão completa no vídeo abaixo:

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Comodidade e economia: empresa de Orleans oferece serviço “delivery” no comércio de baterias

Há 46 anos, VR Baterias atende toda linha automotiva, agrícola e de transporte de cargas com economia de até 30% na compra de baterias Helux, marca própria.

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.