Segurança

SC acerta reposição média de 23% aos servidores da segurança pública

A proposta do governo é igualar todas as carreiras da segurança pública - Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias e Polícia Penal.

Divulgação

O governo de Santa Catarina acertou com os servidores da segurança pública nesta quarta-feira (23) uma proposta de reposição salarial média de 23% nos subsídios das categorias. O reajuste varia entre 21% e 30%, a depender do cargo do servidor, mas os reajustes maiores são direcionados à base, segundo interlocutores da negociação.

A proposta do governo é igualar todas as carreiras da segurança pública – Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias e Polícia Penal. Com isso, o salário base de início de carreira seria de R$ 6 mil, para todos os segmentos. A proposta do governo foi definitiva – o Executivo avisou aos servidores que não pode ir além do que foi oferecido.

O percentual ficou bem abaixo do que as categorias pretendiam, um percentual de 45% correspondente à inflação dos últimos sete anos. Apesar disso, a proposta foi considerada “aceitável” e “razoável” pelas categorias. O pagamento ocorrerá escalonado em duas parcelas: a primeira em janeiro de 2022 e a segunda em julho de 2022.

“Foi o máximo que nós conseguimos. […] O limite prudencial chegou ao máximo. Esprememos o que deu. Vamos fazer uma assembleia para o pessoal opinar”, disse o presidente da Associação de Praças de SC (Aprasc), João Carlos Pawlick.

“Entendemos que a isonomia é extremamente importante entre as polícias. A segurança pública foi contemplada com o mesmo valor todas as instituições”, afirmou o presidente do Sindicato dos Policias Civis de SC (Sinpol/SC), Elmar Osório.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Santa Catarina bate recorde na exportação de soja nos quatro primeiros meses do ano

Os embarques no primeiro quadrimestre de 2020 somaram mais de 815 mil toneladas, o maior volume dos últimos 10 anos.