Saúde

SC estuda dispensar uso de máscaras em ambientes abertos em outubro

Uso seria opcional e medida depende do avanço da vacinação

Divulgação

O uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos pode se tornar opcional no fim de outubro em Santa Catarina. A medida é avaliada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) que espera atingir no mesmo mês um índice de 70% de vacinados contra o coronavírus.

— Com o transcorrer da imunização, nós temos que discutir algumas questões como a volta dos eventos com maior número de pessoas com protocolos seguros e também a utilização de máscaras. Há um entendimento que com um percentual ‘x’ de vacinados, 70% ou 75%, a gente pode discutir, por exemplo, o uso de máscaras ser opcional nos ambientes abertos — disse o secretário André Motta Ribeiro.

A declaração foi feita em entrevista ao Bom dia Santa Catarina, da NSC TV, nesta segunda-feira (27). O secretário reforçou que a medida, se aprovada, deve valer apenas para ambientes abertos, pois a máscara é “proteção fundamental” contra o vírus e uma liberação total depende de toda a população estar imunizada.

André Motta prevê que até o final de outubro Santa Catarina atinja a marca de 70% da população vacinada. Até sexta-feira (20), segundo o Monitor da Vacina, do NSC Total, 39% dos catarinenses completaram o esquema vacinal.

O secretário também comentou sobre os próximos passos do enfrentamento ao coronavírus. Há um estímulo por parte da SES para que as prefeituras façam mutirões de imunização e invistam na busca ativa para que as pessoas se vacinem.

Além da imunização por faixa etária, Santa Catarina aplica a vacina em adolescentes e também a dose de reforço em idosos. Questionado sobre a aplicação de doses em crianças, o secretário esclareceu que a ação depende de liberação por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde.

Uma reunião entre os secretários estaduais e a pasta deve acontecer ainda nesta semana e pode definir os próximos passos do Plano Nacional de Imunização (PNI).

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Homem que matou estuprador é condenado a 14 anos de prisão em Criciúma

O crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando a vítima foi assassinada a tiros por Y.D.C., à época com 23 anos, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma

São Ludgero foi sede da reunião do Colegiado de Educação da Amurel

O evento foi aberto e coordenado pelo Assessor da Amurel, responsável pela área de Educação

Governador Carlos Moisés destaca inovação catarinense durante Circuito Inova SC

O reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, destacou o momento ímpar vivido pela Acafe e por cada universidade comunitária do Estado

Santa Catarina reduz a cinco meses intervalo para dose de reforço em idosos

A logística de encaminhamento de doses para os municípios tem ocorrido de forma ágil e leva em conta a estimativa populacional do IBGE