Geral

SC tem alerta para maré alta e ressaca após ciclone se afastar para o oceano

Rajadas de vento seguem intensas, mas já em menor proporção

Divulgação

A Defesa Civil emitiu alerta para a ocorrência de alagamentos costeiros em Santa Catarina ainda por influência da tempestade Yakecan, formada a partir de um ciclone subtropical. A maré alta e a ressaca no mar devem seguir causando transtornos entre esta quinta e sexta-feira (20).

Os ventos intensos também devem se manter, mas já em menor proporção se comparados aos dias anteriores, conforme a tempestade avança rumo ao oceano. São previstas rajadas de vento com velocidade entre 50 e 75 km/h do Meio-Oeste ao Litoral catarinense.

Em Florianópolis, a Defesa Civil local acompanha pontos críticos de alagamento por conta da maré alta. O diretor do órgão no município, Luiz Eduardo Machado, citou ocorrências na orla de Sambaqui e de Ribeirão da Ilha, entre outros exemplos, em entrevista à rádio CBN.

— Os ventos ficaram um pouco abaixo do esperado. Nossa maior preocupação agora é realmente a maré alta e a ressaca. Tivemos algumas quedas de árvores desde a última terça, mas não tivemos problemas relacionados à serviços essenciais. Estamos mais atentos aos transtornos, aos alagamentos — disse.

Na segunda (16), quando autoridades identificaram a tempestade, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) chegou até a mencionar a possibilidade de furacão, caso o fenômeno se deslocasse rumo à costa e ganhasse uma outra estrutura, mais intensa. Naquela mesma altura, no entanto, isso já era tratado como algo incomum e raro.

Na quarta (18), municípios no Estado registraram problemas com o fornecimento de energia, o que já era previsto no início da semana com a expectativa de que os ventos fortes fossem derrubar postes e estruturas mais precárias.

Também houve problemas com voos na altura em que os ventos foram mais intensos. No campo, agricultores já contabilizam prejuízos milionários com plantações destruídas.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Eles passarão a ganhar R$ 2.424,00

SESI inicia aulas de robótica de alto desempenho em parceria com o município de Criciúma

Cerca de 20 alunos, de 14 escolas municipais, estão participando da oficina

Mulher será indenizada após vestido arrebentar em baile e praticamente deixar ‘seio à mostra’, decide TJSC

Ação foi movida contra loja contratada. Segundo a Justiça, a alça da peça arrebentou e causou constrangimento. A sentença foi divulgada na quinta-feira e cabe recurso.

Noite de confraternização coroa o sucesso da primeira turma do PGVE realizado pela ACIO

Capacitação proporcionou o conhecimento necessário para 50 empreendedores alavancarem os resultados dos seus negócios.