Clima

SC tem risco de temporais, granizo e vento até quinta-feira

Rajadas de vento podem passar de 60 km/h e pancadas de chuva mais intensas deixam Defesa Civil de SC em estado de observação

Divulgação

Um alerta da Defesa Civil de Santa Catarina foi emitido no começo da tarde desta terça-feira (2), feriado de Finados, para a possibilidade de temporais na maioria das regiões do Estado. O risco só é baixo no Litoral Norte e parte do Médio Vale do Itajaí. Nos demais, a situação é de observação.

O comunicado se refere às próximas horas, até meia-noite, mas a previsão aponta cenário semelhante para esta quarta e quinta-feira (veja abaixo). Conforme a meteorologia estadual, uma área de baixa pressão entre o Uruguai e Rio Grande do Sul favorece as condições para temporais com descargas elétricas, rajadas de vento e eventual queda de granizo e pancadas de chuva pontualmente intensas.

O fenômeno deve começar pela região mais próxima ao estado gaúcho e vai subindo em direção a outros pontos do mapa.

Alerta desta quarta-feira
Alerta desta terça-feira

(Foto: Defesa Civil, Divulgação)
Risco de temporais até quinta-feira

A meteorologista Gilsânia Cruz, da Epagri/Ciram, informou nesta terça que pode haver temporais localizados também na quarta-feira (3), a partir das 14h até as 6h de quinta-feira. As áreas atingidas seriam o Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul, Litoral Sul e Grande Florianópolis.

Os temporais podem vir acompanhados de rajadas de vento acima de 60km/h e queda de granizo do Oeste ao Litoral Sul, estendendo-se para a região da Grande Florianópolis na madrugada de quinta-feira (04). No Litoral Sul, a chuva deve ser mais persistente e com maiores volumes, disse a meteorologista.

Cuidados

Durante as chuvas fortes, a recomendação, a Defesa Civil de SC recomenda que a população busque um local abrigado, longe de placas, árvores e poste de energia. Se estiver na praia, a orientação é que jamais se fique na água.

Nos locais abrigados, o mais seguro é ficar distante de janelas e desligar os aparelhos eletrônicos da tomada.

Em caso de alagamentos, a Defesa Civil orienta que se evite contato com a água acumulada e que não dirija em pontos de alagamento ou em pontilhões e pontes submersas. A atenção em relação às crianças deve ser redobrada.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Dez escolas municipais de Criciúma já tiveram seus documentos antigos digitalizados

Objetivo da Secretaria de Educação é criar acervo com decretos, cadastros de estudantes e professores, fotos históricas e demais documentos das unidades de ensino

Colégio Satc inicia transição de alunos para novas séries

Desafios e mudanças para os alunos que passam para o Ensino Fundamental são monitorados pelo corpo pedagógico

“Estamos perto de ver o topo da inflação”, diz presidente do BC

Campos Neto afirma que pode haver melhora no ano que vem

Queda de elevador deixa um homem ferido dentro de padaria em SC

Estado de saúde da vítima é estável; acidente aconteceu no bairro América