Saúde

SC vai mudar edital para compra de 5 milhões de máscaras após polêmica em 2021

Secretaria vai investir R$ 5,25 milhões na compra do item de proteção e promete mudanças para evitar problemas na qualidade do produto

Divulgação

Cinco milhões de máscaras serão entregues aos profissionais da rede estadual de ensino no início do ano letivo. Segundo a Secretaria de Estado da Educação (SED) de Santa Catarina, o investimento será de R$ 5,25 milhões. Em relação ao edital do ano passado, o governo sinalizou mudanças para garantir equipamentos dentro do padrão de qualidade e que, de fato, protejam contra a Covid-19.

Essas alterações vão ocorrer depois que uma reportagem da NSC TV e do Diário Catarinense mostrou que entre as máscaras encaminhadas às escolas no ano passado havia itens fora do padrão exigido pelo edital. Um especialista analisou o produto encontrado em escolas e verificou que o item nem sequer oferecia a proteção adequada contra o coronavírus.

O Ministério Público de Contas (MPC) também apontou irregularidades no contrato de compra. O MPC apontou indícios de irregularidades entre as empresas envolvidas na aquisição do material. A qualidade das máscaras também foi reprovada pelo órgão.

SED promete mudanças no edital

Para evitar que a situação se repita, a SED informou que incluiu novas garantias de entrega, de qualidade e de fluxo de distribuição ao contato. As novas exigências do contrato incluem


A inclusão dos gestores escolares como fiscais de verificação das qualidades do produto recebido;
Apresentação de Atestado de Capacidade Técnica do fornecedor;
Apresentar relatório dos ensaios em laboratório acreditado pela CGCRE do Inmetro, que comprovem o atendimento aos requisitos técnicos normativos de fabricação da máscara.

Sobre o contrato do ano passado, a SED disse que as máscaras adquiridas no ano passado tinham laudo apresentado pela empresa fornecedora comprovando sua eficácia.

“Após a constatação do envio de máscaras irregulares, a secretaria notificou a fornecedora, fez a rescisão do contrato e está acionando a empresa judicialmente”, disse em nota.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Pesquisa inédita de geração de energia tem bons resultados em Santa Catarina

Estudo desenvolvido no Sul do Estado busca tecnologia viável economicamente para realizar a captura de dióxido de carbono em indústrias de geração de energia a base de carvão

Morte de duas crianças em condomínio de Criciúma é investigada

Equipes da Vigilância Sanitária encontraram fezes de rato e barata em duas caixa d'águas próximas ao local

Ciclista é atropelado por motorista em fuga que transportava 211 kg de droga em SC

Segundo informações da PRF, o motorista foi preso; o caso aconteceu em Joinville, no Norte do estado

SC tem mínima abaixo de -3ºC e geada no 1º dia de julho

Em Bom Jardim da Serra, às 6h os termômetros marcaram -3,41ºC. Em São Joaquim, a míníma foi de -3,2ºC na localidade do Vale do Caminhos da Neve.