Geral

SCPAR Porto de Imbituba finaliza temporada 2020 de monitoramento de baleias

O acompanhamento realizado pelo porto iniciou em 1º de julho

Divulgação

O ano de 2020 foi atípico até mesmo para a visitação das baleias na costa catarinense. De acordo com informações obtidas pelo Programa de Monitoramento de Baleias-francas da SCPAR Porto de Imbituba, a presença da espécie na região foi menor em relação aos anos anteriores. O acompanhamento realizado pelo porto iniciou em 1º de julho nos dois tradicionais pontos de observação terrestre, localizados nas praias do Porto e da Ribanceira, em Imbituba, e se estendeu até 30 de novembro, quando a temporada 2020 foi oficialmente encerrada. O Programa conta com a participação do Instituto Australis e da empresa Acquaplan Tecnologia e Consultoria Ambiental.

Os números coletados pela equipe de campo apontaram 76 avistagens na temporada. No primeiro mês de monitoramento, em julho, foi observado o maior número de baleias, sendo 16 na praia do Porto e 43 na Ribanceira. Em agosto, apenas um indivíduo foi observado, na praia da Ribanceira, área que teve mais três baleias em setembro e quatro em outubro. A praia do Porto só voltou a registrar baleias em setembro, com nove indivíduos observados.

O programa do porto também realizou um sobrevoo estendido em setembro, em ação conjunta com o projeto de pesquisa do Instituto Australis, o ProFRANCA (Projeto Franca Austral), o qual é patrocinado pela Petrobras. Na ocasião, 42 baleias-francas foram avistadas no litoral de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O monitoramento aéreo percorreu cerca de 1.000 km de costa, desde Santa Vitória do Palmar, no extremo sul gaúcho, até Penha, no litoral norte catarinense.

Dentro da área regularmente sobrevoada em anos anteriores, entre Florianópolis (SC) e Torres (RS), foram encontradas 30 baleias, número menor que o observado em setembro do ano passado, quando foram avistadas 52 baleias no mesmo trecho.

Por outro lado, durante a temporada houve concentração de baleias-francas na enseada de Laguna (SC). Característica também observada no sobrevoo de setembro, que registrou a maior concentração de indivíduos (24) neste local.

Segundo especialistas da Acquaplan, ainda não é possível identificar os motivos dessa queda no número de avistagens. Os dados são considerados atípicos pela equipe técnica do programa, que em 2020 completou 12 anos de atividades. “É justamente esse acompanhamento contínuo que nos permite verificar as variações históricas desses cetáceos na região, subsidiando o estabelecimento de medidas de conservação, o aumento do conhecimento acerca desses animais e a continuidade da atividade portuária de forma sustentável”, avalia Camila Amorim, gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da SCPAR Porto de Imbituba.

O número de baleias pode alterar, tendo em vista que o monitoramento é realizado em dias seguidos e a mesma baleia pode ter sido avistada em diferentes datas e pontos de observação.

Saiba mais sobre as baleias-francas

As baleias têm um filhote a cada três anos e período de gestação de 12 meses. Elas se alimentam de grandes quantidades de krill na região Antártica, acumulando reserva energética em forma de gordura para encarar a longa jornada em busca de águas mais calmas e quentes. Anualmente, cerca de 100 baleias são registradas, em média, em Santa Catarina. A maioria é de fêmeas em fase de procriação, que “passeiam” entre o litoral norte do Rio Grande do Sul e a região sul de Santa Catarina.

Notícias Relacionadas

Nova sede dos Bombeiros: Município de Braço do Norte garante meio milhão de reais para conclusão da obra

A expectativa é que a obra fique pronta no final do primeiro semestre de 2022.

Prefeitura de Braço do Norte e HST assinam convênio de mais de R$ 1,3 milhão para plantões e sobreavisos

Além do convênio para plantão e sobreaviso, o Município também firmou convênio de R$ 2 milhões para a construção da nova ala do hospital.

Vereadores de Orleans participam de sessão ordinária de forma on-line

Dois Projetos de Lei e quatro Indicações foram aprovados por unanimidade nesta segunda-feira, dia 21.

Criminosos carneiam vaca prenhe em propriedade de Lauro Müller

O animal, que pesava por volta de 390 quilos, foi abatido no local e toda a carne foi levada.