Segurança

Secretaria da Justiça inaugura Penitenciária de Canhanduba

Governador autoriza construção de nova ala no presídio com 352 vagas.

O governador Raimundo Colombo e a secretária de Estado da Justiça e Cidadania Ada De Luca inauguraram, hoje (13) às 10h, em Itajaí, a nova Penitenciária, no bairro de Canhanduba.

O governador aproveitou solenidade para autorizar a construção de uma nova ala no presídio que integra o Complexo da Canhanduba, com 352 vagas, que permitirá a transferência dos detentos do presídio de Balneário Camboriú, interditado pela justiça.

"Temos uma equipe de muita qualidade e destacamos aqui o mérito e o desempenho da secretária Ada De Luca", ressaltou o governador. “A inauguração hoje da penitenciária de Canhanduba é uma das respostas deste Governo e da Secretaria da Justiça e Cidadania que não se omite diante da situação preocupante da violência e da criminalidade", complementou a secretária Ada De Luca.

A Penitenciária, que teve um custo de R$ 21,5 milhões, tem 90 celas com capacidade para seis reeducandos por cela num total de 360 vagas distribuídas em uma área de 5.304,91 m². O espaço total inclui sala de triagem, solário, oficinas, cozinha, lavanderia, consultórios médicos e dentários e parlatório.

“Não basta uma boa estrutura, sabemos também da importância dos profissionais que atuam no sistema prisional, os Agentes Penitenciários, que são um dos pilares   para o funcionamento adequado do sistema e que tem merecido nosso devido apoio e valorização”, lembrou Ada De Luca em seu discurso.

A secretária também agradeceu ao Judiciário, ao Ministério Público, ao secretário de Desenvolvimento Regional, aos prefeitos, vereadores, a Comissão Intermunicipal de Segurança Pública (CISP) e demais representantes das entidades que acompanharam todo o processo, pelo apoio e pela compreensão.

Ala do semiaberto em Joinville

Às 16h, a secretária Ada De Luca inaugura a ala do semiaberto da Penitenciária Industrial, em Joinville, obra executada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR. A ala custou R$ 1,2 milhão e tem um total de 176 vagas distribuídas em uma área de 878 m². O novo complexo foi construído ao lado da Penitenciária Industrial, localizada no bairro Paranaguaramirim.

O regime semiaberto caracteriza-se por regras mais brandas de segurança, onde apenado pode estudar ou trabalhar durante o dia e voltar à noite para a unidade. Outra característica deste regime são as saídas temporárias, quando o juiz autoriza que os reeducandos se ausentem da penitenciária para visitar os familiares, estabelecendo um prazo para o retorno.

Denise Lacerda/Imprensa Secretaria da Justiça

  • 67357837d8f629a892f853728880706e
  • 7af01cb15f9bbf30ae8e4acdfd69c309
  • a4236ef8feff5e33aaa3fbfdc07c9f06
  • 8f3d2b7a1a0f621fa7abba0c5275f542
  • 45ca76340ef47a3a9e5ee4de4bde5673