Geral

Secretaria de Assistência Social adere a programa do Governo Federal que atenderá famílias vulneráveis de Criciúma

O programa fará o acompanhamento multiprofissional para o fortalecimento de vínculos das famílias em situação de vulnerabilidade social

Divulgação

A Secretaria de Assistência Social de Criciúma aderiu a um programa do Governo Federal que atenderá famílias em situação de vulnerabilidade social no município. O programa “ Famílias Fortes” visa fortalecer, por meio da prevenção, o vínculo familiar. Todo o material será fornecido pelo Ministério dos Direitos Humanos, com entrega prevista para o mês de fevereiro. O programa piloto está em fase de implantação com previsão para iniciar na primeira quinzena de março.

“O programa vem de encontro com os objetivos da Assistência Social. Vamos trabalhar esses vínculos através da prevenção de situações de risco, com o objetivo de aproximar a criança, o adolescente e o adulto da família para um convívio saudável”, afirmou o secretário de Assistência Social, Bruno Ferreira.

O município possui seis Cras, divididos em pontos estratégicos da cidade, e cada um será responsável por selecionar quinze famílias que serão atendidas uma vez por semana. Para a Coordenadora da Proteção Social Patrícia Vedana Marques, o programa é mais uma estratégia adotada para o acompanhamento das famílias no campo da prevenção. “Vamos realizar reuniões periódicas de avaliação junto com a equipe técnica, queremos recuperar a valorização familiar”, destacou.

Sobre os encontros

Os encontros com multiprofissionais acontecerão em forma de oficinas, com vídeos, materiais lúdicos e dinâmicas de grupo. As reuniões serão em ciclos de sete encontros, sendo um por semana, e após, acontecerão mais quatro encontros dirigidos pela equipe do Cras.

Notícias Relacionadas

Cachorro “aussaltante” é flagrado ao levar salame de padaria em Criciúma; veja vídeo

Tutor do animal se dispôs a pagar pelo prejuízo, mas padaria deixou salame de cortesia

Sequestro relâmpago acaba em grave acidente em SC

Duas pessoas foram feitas reféns no sequestro relâmpago; o criminoso tomou a direção do carro, mas bateu em seguida

Cidades da Serra têm alta de até 60% na economia em maio incomum com neve

Restaurantes, lojas e postos de combustíveis reforçaram lucros com "boom" de turistas

Serra do Corvo Branco é liberada de Urubici até o corte

Equipes coordenadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) trabalham na limpeza da rodovia e na recuperação de encostas há cerca de 10 dias, quando fortes chuvas atingiram Santa Catarina