Saúde

Secretaria de Saúde programa plano operacional da vacinação contra a Covid-19 em Lauro Müller

A vacinação vai iniciar com idosos acima de 75 anos e profissionais de saúde, no primeiro momento. A partir daí novas etapas serão realizadas com outras idades e grupos

Divulgação

Profissionais que integram a Secretaria Municipal de Saúde de Lauro Müller têm trabalhado nesses últimos dias programando o plano de ação para a vacinação contra a Covid-19. Diversas ações são preparadas a fim de atingir metas e imunizar o maior número possível de cidadãos indicados nas normas técnicas do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde.

“Antes mesmo de saber a data e a quantidade de vacina que o município receberá do Ministério, a Secretaria Municipal de Saúde já está avaliando os locais para realizar os eventos de vacinação, programação de vacinação dos pacientes acamados, entre outros. Ainda não temos a data de início, mas é certo que a saúde de Lauro Muller está preparada para a primeira campanha de vacinação contra a COVID 19”, destacou a secretária da pasta, Stela Maris Bristot Motta.

A vacinação vai iniciar com idosos acima de 75 anos e profissionais de saúde, no primeiro momento. A partir daí novas etapas serão realizadas com outras idades e grupos. Sendo que na segunda fase, devem ser vacinadas as pessoas de 60 a 74 anos. Na terceira fase devem ser vacinadas as pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença como: (hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave (IMC maior ou igual a 40). Na quarta e última fase devem ser vacinados os professores, força de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional.

“Toda a logística da vacinação, contará também com o total de vacinas que será recebida pela regional de saúde. Sabemos que todas as pessoas estão ansiosas pela chegada da vacina e solicitamos que as etapas por grupos prioritários sejam respeitadas pela população. A campanha será seguida conforme o calendário que será repassado pelo Ministério da Saúde”, concluiu a secretária.

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade