Esporte

Seleção Brasileira enfrenta a Nigéria hoje buscando recuperar bom nível de atuação

Tite vai dar chance a Cebolinha e Renan Lodi no time titular.

Divulgação

A seleção brasileira entra em campo neste domingo (13), às 9h, disposta a vencer a Nigéria para encerrar o maior jejum da Era Tite, de três jogos sem vencer, mas com uma cobrança que vai além do resultado: está devendo desempenho, para utilizar uma palavra apreciada pelo treinador.

A Seleção não vence desde a final da Copa América, por 3×1 contra o Peru, em julho. Depois disso foram dois empates, 1×1 com Senegal e 2×2 Colômbia, e uma derrota por 1×0 para o próprio Peru.

Questionado se os tropeços geram preocupação em relação ao seu trabalho, Tite direcionou o olhar para o que o time tem produzido nos últimos jogos. “O desempenho preocupa, se a equipe está equilibrada. Placar é consequência e às vezes não diz o que foi o jogo. A pressão de vencer é normal e existe, mas tem que ser encarada com discernimento. Importa jogar bem, ter uma equipe equilibrada, sim”.

Hoje, contra a Nigéria, a escalação no Estádio Nacional de Singapura terá duas mudanças em relação ao empate com Senegal. O lateral esquerdo Renan Lodi e o atacante Everton Cebolinha ganham as vagas de Alex Sandro e Philippe Coutinho.

Com isso, Neymar vai jogar mais centralizado, na posição clássica da camisa 10 que veste. Além de Everton, o trio de ataque terá Gabriel Jesus e Roberto Firmino.

Sobre a entrada de Lodi, a justificativa de Tite residiu na forma física, em função da sequência pesada de Alex Sandro na Juventus. Em relação à saída de Coutinho, a escolha se deu por um teste. “Temos mudado a forma de jogar, as funções até mais do que a forma. Tem servido para esses ajustes”.

O time do Brasil contra a seleção nigeriana, portanto, será formado por Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro e Arthur; Neymar, Gabriel Jesus, Firmino e Everton.

Com informações do site Correio

Notícias Relacionadas

Governador anuncia extinção da Secretaria de Turismo Cultura e Esporte

Eduardo Pinho Moreira (MDB) não confirmou data de fim da pasta. Tendência é que órgão seja absorvido pelo gabinete do governador, informou assessoria.

Empresas de Lauro Müller garantem doação de 100 kits de uniformes esportivos

Prefeitura de Orleans atenderá normalmente no próximo jogo da seleção brasileira

Assembleia Legislativa homenageia os 55 anos do Rui Barbosa

A sessão solene aconteceu na noite desta segunda-feira (09) no Salão Paroquial de Morro da Fumaça, cidade sede do tradicional clube de futebol amador de Santa Catarina.