Esporte

Seleção Brasileira enfrenta a Nigéria hoje buscando recuperar bom nível de atuação

Tite vai dar chance a Cebolinha e Renan Lodi no time titular.

Divulgação

A seleção brasileira entra em campo neste domingo (13), às 9h, disposta a vencer a Nigéria para encerrar o maior jejum da Era Tite, de três jogos sem vencer, mas com uma cobrança que vai além do resultado: está devendo desempenho, para utilizar uma palavra apreciada pelo treinador.

A Seleção não vence desde a final da Copa América, por 3×1 contra o Peru, em julho. Depois disso foram dois empates, 1×1 com Senegal e 2×2 Colômbia, e uma derrota por 1×0 para o próprio Peru.

Questionado se os tropeços geram preocupação em relação ao seu trabalho, Tite direcionou o olhar para o que o time tem produzido nos últimos jogos. “O desempenho preocupa, se a equipe está equilibrada. Placar é consequência e às vezes não diz o que foi o jogo. A pressão de vencer é normal e existe, mas tem que ser encarada com discernimento. Importa jogar bem, ter uma equipe equilibrada, sim”.

Hoje, contra a Nigéria, a escalação no Estádio Nacional de Singapura terá duas mudanças em relação ao empate com Senegal. O lateral esquerdo Renan Lodi e o atacante Everton Cebolinha ganham as vagas de Alex Sandro e Philippe Coutinho.

Com isso, Neymar vai jogar mais centralizado, na posição clássica da camisa 10 que veste. Além de Everton, o trio de ataque terá Gabriel Jesus e Roberto Firmino.

Sobre a entrada de Lodi, a justificativa de Tite residiu na forma física, em função da sequência pesada de Alex Sandro na Juventus. Em relação à saída de Coutinho, a escolha se deu por um teste. “Temos mudado a forma de jogar, as funções até mais do que a forma. Tem servido para esses ajustes”.

O time do Brasil contra a seleção nigeriana, portanto, será formado por Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro e Arthur; Neymar, Gabriel Jesus, Firmino e Everton.

Com informações do site Correio

Notícias Relacionadas

Governador anuncia extinção da Secretaria de Turismo Cultura e Esporte

Eduardo Pinho Moreira (MDB) não confirmou data de fim da pasta. Tendência é que órgão seja absorvido pelo gabinete do governador, informou assessoria.

Criciúma vence o Hercílio Luz de virada

Os gols da vitória carvoeira foram marcados por Reis e Daniel Costa, em dois pênaltis.

Em jogo emocionante, Criciúma bate o Avaí em casa; VEJA GOLS

Na reta final do confronto, Andrew, aos 37 minutos, fez o terceiro e garantiu a vitória criciumense.

Empresas de Lauro Müller garantem doação de 100 kits de uniformes esportivos