Geral

Semana do Meio Ambiente é marcada por Festival de Teatro relâmpago em Nova Veneza

No final de cada espetáculo, três debatedores avaliavam as peças e faziam as suas ponderações.

Fotos: Cris Freitas

Sete grupos de teatro, formados por alunos das escolas de Nova Veneza se apresentaram hoje e ontem (07 e 08) no teatro Municipal durante o primeiro Festival Relâmpago de Teatro Estudantil – “O Meio Ambiente em Cena”. O evento marcar a passagem da semana do meio ambiente, onde em três dias os alunos tiveram de montar um espetáculo de teatro com um tema proposto e apresentar para o público. No final de cada espetáculo, três debatedores avaliavam as peças e faziam as suas ponderações.

Na avaliação do presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fundave), Juliano Dal Molin, o resultado foi “sensacional”. “Conseguimos atingir nossos objetivos de trabalhar as questões ambiental de forma diferente. Onde cada escola trouxe a sua realidade, trabalhando um tema especifico. Estou muito contente e orgulhoso que Nova Veneza, que fez em uma semana integrar, educação, cultura e meio ambiente”, disse Dal Molin, ainda acrescentando que as peças emocionaram o público presente.

  • 437a48aa-eb71-4765-a69d-58b071c75377
  • 00d8cb4f-86da-4be5-a4c7-d8b62903e7d4
  • 811efe39-fa94-4b14-b423-8f2f7ad3d09a
  • 545c4978-092e-435f-94e2-8f20614a692e
  • 7410ba44-2016-486f-9b49-65f249a0f9d1
  • a807cea3-a6ca-4082-9b74-11ccef6f2c37
  • 48a5976e-0dd9-46ee-b189-46e1b1117ab4
  • 180733e1-ae6c-45ad-9e91-38e3b9915568
  • 0ac5a8b0-37a5-46e8-abb3-25bc2e127641
  • a420640c-ea9c-4022-a8d4-9b89a3d2d29c
  • 06394153-882b-4b1d-8f4b-10b618156b78

Ontem, dia 7, se apresentaram as escolas Ítalo Amboni, Libero Ugioni, a Escola Municipal Caravaggio e a Escola Estadual Julieta Torres Gonçalves. Hoje pela manhã foi a vez das escolas Vítor Savi, a Municipal Bairro Bortolotto, e a Escola Estadual Abilio César Borges.

Na avaliação do ator do Grupo de Teatro Cirquinho do Revirado e organizador do festival, Reveraldo Joaquim, o evento foi um grande motivador, e motiva as escolas a continuar estimulando a prática do teatro e das artes. “O evento foi uma forma de respondermos questões de como vivemos, o que é, e quem faz parte deste meio ambiente. Várias soluções criativas foram dadas por grupos formados nas escolas num trabalho de três dias. Para nós foi um momento especial, de ampla valorização da cultura, de formação de plateia e de conscientização”, afirma Reveraldo. Ele exalta o quanto é importante o estudante de Nova Veneza subir no palco da sua cidade. “Foi um momento lindo”, completa.

Colaboração: Cris Freitas – Assessora de Comunicação da Prefeitura de Nova Veneza

Notícias Relacionadas

“Qual Vai Ser?” mobiliza jovens para a reflexão sobre escolhas

Funcionários de hospital de Nova Veneza entram em greve por pagamento de salários

Segundo sindicato, apenas atendimento de emergência é realizado. Hospital deve R$ 70 mil da folha de pagamento de junho, conforme entidade.

A União Faz a Vida promove segunda Mostra de Projetos

Estudantes apresentarão conhecimentos construídos a partir de práticas que possibilitam a autonomia e cooperação.

Atleta de Nova Veneza é campeã do nacional de atletismo escolar em Natal

Larissa da Silva Lúcio, de 16 anos, competiu em duas provas: salto em altura e 800 metros