Poder Executivo

Seminário trata de prevenção e erradicação do trabalho infantil, em Braço do Norte

Seminário trata de prevenção e erradicação do trabalho infantil

Fotos: Suham Dellatorre / Comunicação Prefeitura de Braço do Norte

A Secretaria de Assistência Social de Braço do Norte realizou, nesta quarta-feira (13), o 3º Seminário de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil.

O encontro, que recebeu mais de 100 participantes, teve por intuito discutir estratégias ao enfrentamento a esta violação de direitos ainda presentes no cotidiano de crianças e adolescentes do município. A abertura contou com uma apresentação de alunos da Asacad.

Conforme a secretária de Assistência Social, Gisely Perin Meurer, dados do senso do Instituto Brasileiro Geografia e Estatística – IBGE, de 2010, apontam que cerca de 400 crianças trabalham em Braço do Norte. “Nosso objetivo foi reunir os diversos segmentos que atuam no combate ao trabalho infantil e na proteção ao adolescente trabalhador, visando explicar e repensar o papel de cada um, discutir sobre os obstáculos encontrados e buscar novas alternativas de ação, ressaltando a importância do trabalho em rede.

Representantes do Centro de Referência da Assistência Social – Cras, do Centro de Referência Especializada da Assistência Social – Creas e do Consórcio Intermunicipal da Criança e do Adolescente – Ciaca fizeram um pequeno apanhado de como funciona cada um dos serviços, que são disponibilizados pela Secretaria de Assistência Social.

O seminário contou com a palestra da juíza gestora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, Rafaella Messina Ramos de Oliveira. Ela abordou o tema “O trabalho infantil e o estímulo à aprendizagem como meio eficaz de combate”. Em seguida, a médica pediatra Joana Prá falou sobre “Danos à saúde causados pelo trabalho infantil”.

No início da tarde, a professora Luciana Rocha Leme, a mestre em Direito, proferiu palestra sobre a Prevenção e erradicação o trabalho infantil no campo. Para encerrar o ciclo, o sociólogo Guilherme Cechelero abordou o tema “Drogas/tráfico x trabalho infantil”.

Colaboração: Suham Dellatorre / Comunicação Prefeitura de Braço do Norte

  • seminário AS (1)
  • seminário AS (2)
  • seminário AS (3)
  • seminário AS (4)
  • seminário AS (5)
  • seminário AS (6)
  • seminário AS (7)
  • seminário AS (8)

Notícias Relacionadas

Pedágio educativo conscientiza sobre o combate ao trabalho infantil, em Treviso

Dados apontam que mais de 2 milhões de crianças e adolescentes trabalham irregularmente no Brasil.

Cras de Criciúma promovem atividades de prevenção ao trabalho infantil

Unidade do bairro Santa Luzia realiza gincana com três grupos nesta terça-feira (12), a partir das 14h

Prefeitura de Criciúma apresenta Diagnóstico Municipal do Trabalho Infantil

Evento ocorreu na manhã desta terça-feira (13) no Salão Ouro Negro, do Paço Municipal Marcos Rovaris

Turistas são orientados a denunciar casos de trabalho infantil na alta temporada em Santa Catarina

A mensagem “Férias de verão sem trabalho infantil” aparece em painéis eletrônicos ao longo da BR-101.