Geral

Senhor Hélio é o primeiro tubaronense a ter o esgoto residencial coletado e tratado

Usuário dos serviços da Tubarão Saneamento faz história rumo à universalização do saneamento.

Divulgação

Com o início da operação do Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto, os usuários contemplados na primeira etapa de obras da Tubarão Saneamento, estão recebendo a autorização da concessionária para conectar a residência na rede. Na última quarta-feira (30), no dia em que a Estação de Tratamento de Esgoto Figueira (ETE) entrou em operação, algumas residências foram autorizadas à conexão. No mesmo dia, o primeiro morador a realizar a manobra foi Hélio Godoi, do bairro Recife.

Com a iniciativa, Hélio possibilitou o início oficial da operação de coleta e tratamento de esgoto na Cidade Azul. Segundo ele, não houve dificuldade para realizar a obra interna. “Contei com a ajuda do meu filho e realizamos o serviço aos poucos. Seguimos as orientações do material que a Tubarão Saneamento nos entregou e não teve erro, apesar da mão de obra, não foi um trabalho difícil”, disse o tubaronense, de 67 anos.

As unidades consumidoras dos bairros Centro, Recife e Vila Moema, que já contam com rede de coleta instalada na frente do imóvel, precisam aguardar o contato da Concessionária que autorizará a conexão na rede. “Estamos realizando uma inspeção minuciosa, para garantir a operação do sistema, pois no processo de obra alguma rede pode ter ficado obstruída. Por isso é importante que as pessoas aguardem esse contato, que será feito por meio de visita da equipe de Responsabilidade Social da concessionária”, explica o diretor da Tubarão Saneamento, Wagner Souza.

Com a implantação do sistema, o esgoto das residências deixará de ir para o meio ambiente, onde contamina os córregos, rios e o lençol freático. “Eu acredito nessa nova fase e a cidade precisa do desenvolvimento. A minha iniciativa e das pessoas que ainda vão realizar a obra, deve trazer benefícios para todos”, completa Hélio.

Segundo o Instituto Trata Brasil, pouco mais da metade da população brasileira tem seu esgoto coletado, e apenas 45% de todo o esgoto gerado é devidamente tratado. “O trabalho executado pela Tubarão Saneamento vem redesenhando esse cenário, e isso é muito importante para o desenvolvimento da nossa Cidade Azul, para a saúde das pessoas, para o meio ambiente, para a educação e tantos outros fatores. Que a iniciativa do senhor Hélio seja um incentivo para todos que precisam, neste momento, abraçar esta causa”, destaca o prefeito, Joares Ponticelli.

Para atender os três bairros (Recife, Centro e Vila Moema), a Tubarão Saneamento investiu quase R$ 60 milhões. Foram instalados 2.400 metros de coletor tronco, 30 mil metros de rede coletora, 4.600 metros de linha de recalque, 280 metros de emissário final e uma Estação de Tratamento de Esgoto, com capacidade de tratamento para 75 litros por segundo.

As obras continuam na Cidade Azul e, até o término do contrato de concessão, quase todas as residências da área urbana do município terão o esgoto coletado e tratado. “Para concluir os três primeiros bairros, algumas frentes de trabalho continuam na região Central e o próximo bairro a ser beneficiado é a Passagem”, conta Wagner.

Até esta quinta-feira (07), cinco residências já estavam conectadas no sistema, outras nove estão preparadas e autorizadas. Em caso de dúvidas, ou para mais informações, entre em contato com a Central de Atendimento da Tubarão Saneamento, pelos telefones 0800 648 9596 e (48) 3052-7400, ou via WhatsApp em horário comercial pelo número (48) 99168-5827.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Tubarão

Notícias Relacionadas

Tubaronense é campeão da primeira etapa do Catarinense Rally Regularidade

O roteiro teve 90 quilômetros – com 40 quilômetros de trecho cronometrado –, e começou pelo reflorestamento de pinus da Fazenda Katzer, em São Bento do Sul.

Padre Júlio Zamparetti morre vítima de infarto fulminante em Tubarão

Ele passou mal em casa, foi levado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição - HNSC, não resistiu e morreu por volta das 15h.

Tubaronense estreia em “Malhação”

Condenado homem que ameaçou ex com vodu e descumpriu medidas protetivas em Tubarão

O comportamento obsessivo do acusado teria iniciado após o término do relacionamento, quando percebeu o desinteresse da mulher em restabelecer a relação afetiva.