Segurança

Serpente venenosa é encontrada por funcionária em empresa de SC

A espécie, que pode chegar a medir 1,8 metro, é a maior entre as venenosas da região e também dá o bote

Divulgação

Uma mulher encontrou uma cobra jararacuçu na empresa em que trabalha em Jaraguá do Sul, Norte de Santa Catarina. Segundo o biólogo da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama) Gilberto Duwe, a espécie é a maior entre as venenosas da região e também dá o bote. As informações são do g1 SC.

O animal foi encontrado na quinta-feira (24) e tinha cerca de 80 centímetros. No entanto, animais dessa espécie podem chegar a 1,8 metro.

— Ela dá bote igual uma jararaca. O que acontece que essa ali [do vídeo] estava mais tranquila, então o resgate foi mais tranquilo, mas dá bote da mesma forma — explicou o biólogo.

Assim que encontrou a cobra, a funcionária fez um cercado com caixas de papelão para aguardar a chegada da equipe da Fujama. Ninguém foi picado por ela.

A informação de que a jararacuçu, de nome científico Bothrops jararacussu, é uma das maiores espécies de cobra venenosa da região, foi reiterada pelo biólogo especialista em répteis da Universidade Regional de Blumenau (Furb) Alex Giordano Bergmann.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Cachorro “aussaltante” é flagrado ao levar salame de padaria em Criciúma; veja vídeo

Tutor do animal se dispôs a pagar pelo prejuízo, mas padaria deixou salame de cortesia

Sequestro relâmpago acaba em grave acidente em SC

Duas pessoas foram feitas reféns no sequestro relâmpago; o criminoso tomou a direção do carro, mas bateu em seguida

Cidades da Serra têm alta de até 60% na economia em maio incomum com neve

Restaurantes, lojas e postos de combustíveis reforçaram lucros com "boom" de turistas

Serra do Corvo Branco é liberada de Urubici até o corte

Equipes coordenadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) trabalham na limpeza da rodovia e na recuperação de encostas há cerca de 10 dias, quando fortes chuvas atingiram Santa Catarina