Litoral

Servidora do Tribunal de Justiça de SC erra e publica ‘declaração de amor’ em processo de prisão

Funcionária foi advertida após colar sem querer agradecimento por 3 meses de relacionamento com o namorado em despacho online de processo.

Uma servidora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) foi advertida após publicar uma declaração de amor na movimentação de um processo de prisão em flagrante. A funcionária da comarca de Florianópolis agradeceu aos três meses de relacionamento com o namorado em um despacho no sistema online do tribunal. Ela se confundiu e colou o texto de um e-mail no local.

“No dia 07/10/2017 conheci você!! Uma pessoa dedicada, linda, por dentro e por fora, carinhosa, atenciosa, preocupada, amiga, enfim, qualidades que não caberiam em um e-mail”, diz um trecho da mensagem de amor.

O processo é um auto de prisão em flagrante por crimes contra o sistema nacional de armas e tráfico de drogas, da 2ª Vara da Capital.

A declaração entrou no sistema no fim do expediente de quarta-feira (10), após as 19h, e foi retirada no início da tarde de quinta-feira (11).

Segundo o TJSC, a própria servidora percebeu o equívoco ainda na quarta-feira e procurou sua chefia relatando o ocorrido. Ela não tem autorização para retirar do site informações publicadas e precisou aguardar que seus superiores retirassem a declaração no início do expediente seguinte.

Em nota, o TJSC lamentou o “equívoco” e informou que a servidora, que não exerce cargo de chefia, foi “repreendida e advertida sobre a impropriedade e as consequências de seu lapso”.

O Tribunal de Justiça não divulgou a identidade da servidora.

Com informações do G1SC

Notícias Relacionadas

Agências do Sine de Santa Catarina contam com quase 1,7 mil vagas de emprego abertas

A lista de oportunidades disponíveis pode ser acessada no aplicativo Sine Fácil, disponível para smartphones.

Unibave receberá mais de R$ 1 milhão do Governo de Santa Catarina para concessão de bolsas

Os recursos de bolsas do UNIEDU são assegurados pelo Governo do Estado de Santa Catarina e favorecem a inclusão de jovens no ensino superior com dificuldades de realizar os seus estudos.

MPSC questiona lei estadual que restringe o prazo para cassação da CNH

Ação foi ajuizada contra a lei que só permite a suspensão do direito de dirigir se o processo administrativo for instaurado no mesmo ano em que ocorrer a notificação.

Santa Catarina responde por 58% das exportações brasileiras de carne suína

Em julho, o estado exportou 35,1 mil toneladas de carne suína, com faturamento de US$ 75,2 milhões, 3,5% acima do mês anterior.