Geral

Sessão do Tribunal do Júri é suspensa em Orleans

O crime aconteceu em maio de 2017 quando um homem foi morto a tiros em frente a uma casa noturna.

Foto: Divulgação

A sessão do Tribunal do Júri da comarca de Orleans, que aconteceria nesta quarta-feira (31) do processo de homicídio qualificado, foi suspensa. O crime aconteceu em maio de 2017 quando um homem foi morto a tiros em frente a uma casa noturna.

A magistrada responsável pela 2ª vara da comarca, juíza Bruna Canella Becker Búrigo, decidiu, em razão da renúncia do defensor de um dos réus na véspera da solenidade e pedido de adiamento por parte da defesa, suspender a sessão e também aguardar até o julgamento final dos pedidos de desaforamento da defesa, deslocamento da competência de uma comarca para outra, que tramitam no Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Um novo defensor público já foi nomeado. ​

Relembre o caso

Robson Ribeiro Laurindo de 28 anos foi morto a tiros em frente a uma casa noturna, em Orleans. O crime aconteceu na Avenida Getúlio Vargas no Centro da cidade. A vítima foi atingida cinco vezes.

Colaboração: Fernanda de Maman – Assessora de Imprensa TJSC – Criciúma​

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio