Geral

Sicredi cresce em Santa Catarina 35,16% nos Ativos Totais em 2017

Foto: Divulgação / Comunicação Sicredi Sul SC

O Sicredi, instituição financeira cooperativa, fechou o exercício de 2017 em Santa Catarina com um cenário diferenciado e de crescimento. A operação acumulada do ano fechou com saldo positivo, somando ativos totais administrados acima de R$ 3,15 bilhões, que representam 35,16% de crescimento sobre igual período de 2016.

“Os números refletem a confiança dos associados na sua cooperativa. Agradecemos aos associados pela parceria e o trabalho realizado pelas cooperativas em 2017. E a visão de continuidade e engajamento para que em 2018 tenhamos crescimento sustentável e superação nos desafios”, afirma Gerson Seefeld, diretor executivo da Central Sicredi Sul/Sudeste.

O Sicredi vislumbra perspectivas de desafios para 2018, com cautela, mas otimista. “Justamente em situações onde a economia mostra dificuldades é que deveremos ter olhos para perceber as oportunidades. É importante que neste momento econômico, nosso trabalho esteja voltado ao fortalecimento das parcerias, gerando valor e renda aos associados”, ressalta Seefeld.

O resultado acumulado do ano somou mais de R$ 85,57 milhões em SC, tendo crescido 153,62 % sobre o ano passado. Este valor será apresentado aos associados durante o Ciclo Assemblear que acontece de fevereiro a abril de 2018 nas 15 cooperativas, em Santa Catarina.

Por estas razões, o diretor aponta que há oportunidade de continuar crescendo em 2018. Fruto do perfil empreendedor do Sicredi que vem da capacidade de criar condições favoráveis para o associado, gerando renda e qualidade de vida. “Há muito trabalho e empenho das cooperativas e associados, entorno do engajamento à preservação da natureza cooperativa do negócio, na qual todos são donos. Essa é a fórmula do Sicredi para conseguir manter crescimento e desempenho positivo”, pondera Seefeld.

Esta realidade garantiu que as 15 cooperativas de Santa Catarina, filiadas ao Sistema Sicredi, registrarem crescimento de 8,96% Pessoa Física e de 15,15% na Pessoa Jurídica somando mais de 183 mil associados. Houve também reflexo no aumento total de pontos de atendimento para 106, com presença em 80 municípios catarinenses (representando 27% do estado).

O patrimônio líquido superou os R$ 364,44 milhões, representando uma evolução de 40,61% sobre o ano passado. Os depósitos totais cresceram 28,67%, somando mais de R$ 1,85 bilhão (share: 6,19%). Na poupança a evolução foi de 62,41%, apresentando mais de R$ 322,82 milhões em carteira (share: 0,86%). Já nas operações de crédito totais o avanço foi de 29,51%, totalizando mais de R$ 1,82 milhão (share: 4,35%).

Foto: Divulgação / Comunicação Sicredi Sul SC

Algumas das razões que fizeram o Sicredi crescer em SC:

– Consolidação do desenvolvimento das 15 cooperativas filiadas em SC nas suas áreas de atuação com intensificação do relacionamento com as comunidades, que deflagrou crescimento e expansão no estado;

– Crescimento de 93,74% na concessão de Crédito Rural e com baixa inadimplência (OVER 90 de 0,33%). Aumento exponencial da Carteira de Poupança em 62,41%. E ampliação da capacidade de concessão de Crédito Geral em 106,39% para Pessoas Físicas e Jurídicas;

– O avanço do número de associados e a confiança dos já associados (que fizeram do Sicredi sua 1ª instituição financeira), que desencadearam um processo de solidez, mantendo de forma gradual e constante o crescimento do Sicredi a comunidade catarinense.

RESUMO | Sicredi em Santa Catarina

Colaboração: Giovana Pedroso / Comunicação Sicredi Sul SC

 

Notícias Relacionadas

“Qual Vai Ser?” mobiliza jovens para a reflexão sobre escolhas

Epagri estima crescimento nas principais culturas de SC para a safra de verão 2020/21

A União Faz a Vida promove segunda Mostra de Projetos

Estudantes apresentarão conhecimentos construídos a partir de práticas que possibilitam a autonomia e cooperação.

Previsão de crescimento agropecuário cai de 3,8% para 2,4% em 2020

Estimativa é do Boletim Agro, do Ipea